Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Capes anuncia vencedores de prêmio de teses
Início do conteúdo da página
Salário-educação

Governo repassa R$ 447 milhões para estados e municípios

  • Terça-feira, 22 de setembro de 2009, 19h26
  • Última atualização em Terça-feira, 22 de setembro de 2009, 19h26
A União repassa R$ 447 milhões para estados e municípios nesta quarta-feira, 23 referentes à parcela de agosto da cota do salário-educação. As redes estaduais recebem R$ 230,6 milhões e as municipais R$ 216,7 milhões. O salário-educação é destinado ao financiamento de programas voltados para a educação básica pública.

Os recursos são recolhidos das contribuições dos salários pagos por empresas vinculadas ao Regime Geral da Previdência Social – a alíquota é de 2,5% sobre a folha de pagamento.

Após a arrecadação, cabe ao Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) repartir os recursos do salário-educação da seguinte forma: 90% são divididos entre estados, municípios e a União, e 10% vai para programas, projetos e ações voltados à educação básica. Dos 90% estados e municípios que ficam com 66,6% e cota federal é de 33,3%.

Distribuída com base no número de alunos da educação básica, a cota estadual/municipal é depositada mensalmente nas contas correntes das secretarias de educação dos estados, do Distrito Federal e dos municípios. Já a cota federal é destinada ao FNDE, para reforçar o financiamento de programas e projetos do ensino básico, para reduzir os desníveis socioeducacionais entre municípios e estados.

Projovem – Também foram transferidos R$ 24,5 milhões do Programa Nacional de Inclusão de Jovens: Educação, Qualificação e Ação Comunitária (ProJovem), da Secretaria Nacional da Juventude da Secretaria Geral da Presidência da República, na segunda-feira, 21.  
 
Assessoria de Comunicação Social do FNDE
Assunto(s): salário-educação , FNDE
X
Fim do conteúdo da página