Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > As medidas contra o analfabetismo
Início do conteúdo da página
Formação de professores

Região Norte abre vagas para capacitar 4 mil profissionais

  • Sexta-feira, 10 de julho de 2009, 09h37
  • Última atualização em Sexta-feira, 10 de julho de 2009, 16h32

Quatro estados da região Norte oferecem, neste semestre, 4.457 vagas em instituições públicas de ensino superior para primeira e segunda licenciatura. A ação faz parte do Plano Nacional de Formação de Professores, com o objetivo de graduar docentes que atuam em escolas públicas de educação básica e ainda não têm formação adequada.


A maior parte das vagas do Norte está no Amazonas; são 2.285 oferecidas pelas universidades federal e estadual, em primeira ou segunda licenciatura. Entre os cursos, constam língua portuguesa, matemática, ciências, artes e educação física. A Federal do Amazonas oferece também licenciatura indígena: 50 vagas no município de São Gabriel da Cachoeira.


Pará, Amapá e Roraima também participam do plano de formação neste semestre. No Amapá, as vagas chegam a 1.127 para a primeira licenciatura. No Pará, há lugar para 925 professores que queiram se graduar, sendo 50 vagas oferecidas pelo Instituto Federal de Ciência e Tecnologia. Em Roraima, são 120 vagas na universidade estadual, para segunda licenciatura em filosofia, química ou física.


O Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica foi lançado em 28 de maio. Para o segundo semestre, são 52,8 mil vagas em instituições públicas de ensino superior federais, estaduais e comunitárias para professores em exercício. Até 2011, serão ofertadas, no total, 331,4 mil vagas. O investimento será de R$ 1,9 bilhão, sendo R$ 250 milhões este ano.


Os cursos de primeira licenciatura têm carga horária de 2.800 horas mais 400 horas de estágio para professores sem graduação. Os de segunda licenciatura têm entre 800 e 1.200 horas para professores que atuam fora da área de formação. A terceira possibilidade prevista no plano é a formação pedagógica, para bacharéis sem licenciatura. Todos os cursos oferecidos pelo plano são gratuitos, nas modalidades presencial e a distância.


Para participar, o professor deve acessar a Plataforma Freire, cadastrar seu currículo, escolher e se inscrever em um curso e fazer mais duas opções. Em seguida, a secretaria estadual ou municipal de educação a que o professor pertence analisa e valida a inscrição, autoriza a participação no curso e comunica à instituição de ensino superior, que matricula o professor no curso, faz a sua formação e o certifica.

Letícia Tancredi

Leia mais...
Região Sudeste oferece 790 vagas para docentes em exercício
Cursos de licenciatura oferecem 2.570 vagas no Centro-Oeste
Cursos de licenciatura começam em agosto em estados do Sul
Plano oferece 52 mil vagas para docentes em exercício
Instituições oferecem mais de 47 mil vagas no Nordeste
Pré-inscrições para o plano nacional de formação já podem ser feitas
Professor sem licenciatura já pode escolher o curso e fazer pré-inscrição
Veja passo a passo como usar a Plataforma Freire

X
Fim do conteúdo da página