Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Prêmio Professores do Brasil
Início do conteúdo da página
Ações internacionais

Haddad recebe representante da Coréia do Norte

  • Segunda-feira, 14 de novembro de 2005, 10h17
  • Última atualização em Terça-feira, 15 de maio de 2007, 13h09

O ministro da Educação, Fernando Haddad, recebeu no último dia 8 o embaixador da Coréia do Norte, Pak Hyok, primeiro representante do governo desse país no Brasil. Segundo Hyok, seu país tem grande interesse em cooperar com o Brasil em vários setores. Ele sugeriu a Haddad a assinatura de convênio na área educacional entre os ministérios da Educação dos dois países. Propôs, também, viagens de intercâmbio de informações e conhecimento dos sistemas educacionais do Brasil e da Coréia do Norte.

O representante norte-coreano destacou que, após a conquista da independência, o país tinha apenas sete pessoas com nível universitário. Atualmente, três milhões já se graduaram, em uma população de 21 milhões de habitantes. Segundo Hyok, cada uma das 12 províncias tem uma universidade. “Durante a guerra (1950-1953), aplicou-se a política de educação básica gratuita. A prioridade do governo é a educação. Os prédios mais bonitos das cidades são as escolas”, disse o embaixador.

Haddad afirmou que há interesse do MEC em conhecer o sistema educacional norte-coreano e pediu a Hyok a apresentação de uma proposta de acordo de cooperação educacional.

Repórter: Aroudinan Martins

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página