Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Alunas do Escola de Fábrica fazem decoração natalina
Início do conteúdo da página
Conferência

Brasil reforça alinhamento com educação mundial

  • Sexta-feira, 03 de novembro de 2017, 13h27
  • Última atualização em Sexta-feira, 03 de novembro de 2017, 13h27

Em Paris (França), a secretária-executiva do MEC, Maria Helena Guimarães de Castro, reuniu-se com o ministro da Educação português, Tiago Brandão Rodrigues, para um balanço sobre a educação em Portugal e no Brasil. O encontro foi realizado durante a 39ª Conferência Geral da Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), evento do qual a secretária participa, junto a representantes de todos os 195 países membros da organização.

No encontro, a secretária-executiva e o ministro português destacaram a importância de programas como a residência pedagógica na formação inicial de professores, iniciativa que Portugal já vem realizando. Outro tema abordado foi a flexibilização do currículo do ensino médio com a oferta de cursos técnicos profissionalizantes em Portugal, permitindo que alunos terminem essa etapa do ensino com dupla certificação.

Maria Helena de Castro também se reuniu com o ministro da Educação da Argentina, Alejandro Oscar Finochiaro. Durante o encontro, eles abordaram o futuro da educação, as prioridades de cada país e a importância de incrementar os temas educacionais no G-20 (Grupo dos 20, formado por ministros de finanças e chefes dos bancos centrais das 19 maiores economias do mundo, incluída a União Europeia).

“Estamos numa agenda que converge, a agenda do G-20, que prevê as competências globais do século 21 para atingir as metas da agenda 2030 e a do financiamento da educação”, resumiu a secretária-executiva do MEC.

As discussões realizadas durante a 39ª Conferência Geral da Unesco visam ajudar governos a desenharem políticas públicas que oferecem apoio a professores e gestores públicos no preparo dos estudantes para os desafios deste século. Dentre as deliberações, ficou acertado que, em 2018, Brasil, Argentina e México vão participar da coordenação regional do G-20, em Buenos Aires.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): Educação , Unesco , G-20
X
Fim do conteúdo da página