Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Sétima viagem do Grupo de Supervisão será na região Norte
Início do conteúdo da página
Ensino-aprendizagem

Banquete medieval torna aula de história mais interessante

  • Sexta-feira, 03 de julho de 2009, 13h56
  • Última atualização em Sexta-feira, 03 de julho de 2009, 13h56

Em São José, Santa Catarina, estudantes do sétimo ano (sexta série) do Colégio Posição prepararam um banquete com receitas medievais, sem talheres, de acordo com os costumes da época. A ideia de desenvolver o projeto Banquete Medieval surgiu com a leitura, em sala de aula, de obras sobre os hábitos de então e sobre as normas de etiqueta desenvolvidas pelo humanista holandês Erasmo de Rotterdam (1466-1536).


“Os estudantes puderam vivenciar a experiência, comendo com as mãos. Por incrível que pareça, a aula transcorreu normalmente, e as explicações das receitas foram ouvidas por todos”, diz o professor de história Dismael Sagás. “Os alunos perguntaram o que se comia, e como, naquela época. Sugeri, então, que fizessem uma pesquisa. Depois, marcamos o banquete.”


Segundo o professor, o projeto, desenvolvido em 2006, cumpriu com os objetivos didáticos. Sagás procura desenvolver pequenos projetos durante as aulas. É uma forma, segundo ele, de estimular a vivência dos alunos, a compreensão dos fatos e a formação da visão crítica. “Já trabalhei com produção de vídeos de diversos assuntos, recriação de fotos antigas, narração de lendas, criação de paródias e de jornais, elaboração de tábuas de argila (como os antigos sumérios) e simulação de tribunais”, relata.


No período da manhã, o professor desenvolve, no Colégio Visão, um projeto de rádio com os estudantes — a Rádio Corredor. À noite, no Centro Educacional Municipal Jardim Solemar, atua na educação de jovens e adultos. “Nas aulas noturnas, os recursos são limitados. Dificilmente conseguimos aplicar um projeto”, lamenta.


O professor coordena, no momento, a elaboração de vídeos sobre a Segunda Guerra Mundial. Mantém, ainda, dois blogs, o História e Projetos, aberto à discussão de projetos de história, e o Blog do Disma, para divulgar e discutir diversos assuntos.

Fátima Schenini


Saiba mais no Portal do Professor

X
Fim do conteúdo da página