Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estudantes devem ficar atentos a irregularidades em instituições
Início do conteúdo da página
Bienal do Livro

Estudantes conhecem a vida de grandes escritores brasileiros

  • Sexta-feira, 18 de setembro de 2009, 17h07
  • Última atualização em Sexta-feira, 18 de setembro de 2009, 17h09
Rio de Janeiro – O que Monteiro Lobato, Mário de Andrade e Machado de Assis têm em comum? Além de serem grandes pensadores de seu tempo, eles tiveram suas vidas contadas de forma bem acessível para o jovem leitor pela escritora Luciana Sandroni, que esteve nesta sexta-feira, 18, no estande do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) na Bienal do Livro do Rio de Janeiro.

Premiada com o Jabuti em 1998 por Minhas memórias de Lobato, Luciana usa a boneca Emília e o Visconde de Sabugosa para retratar o criador desses personagens. “Nossa infância foi toda permeada pelos personagens eternos de Pedrinho, Narizinho e companhia”, afirmou.

A segunda obra da série sobre escritores famosos é O Mário que não é o de Andrade, na qual um dos expoentes da Semana de Arte Moderna é dissecado na visão de um menino de 10 anos. Em seu mais recente livro, Joaquim e Maria e a estátua de Machado de Assis, a estátua do primeiro presidente da Academia Brasileira de Letras ganha vida e percorre as ruas do Rio de Janeiro para rememorar os lugares descritos em seus textos. “Tive a ideia de fazer esses livros depois de ler a biografia primorosa sobre Nelson Rodrigues escrita por Ruy Castro”, explicou Luciana.

África – Já Rogério de Andrade Barbosa encontra nas viagens a inspiração para uma extensa produção literária. São mais de 60 livros infantis e juvenis publicados em 20 anos de carreira. O continente africano recebe atenção especial de Barbosa, que já esteve em Angola, Marrocos e África do Sul em busca de histórias para contar. “Para ser escritor, tem de ter muita paciência e ler bastante, também”, disse aos alunos presentes no estande.

Três de seus livros fizeram parte do Programa Nacional Biblioteca da Escola (PNBE): Os três presentes mágicos e Os gêmeos do tambor, distribuídos em 2008, além de O rei do mamulengo, enviado em 2005 para as escolas públicas do país.

Ainda hoje, os visitantes do estande do FNDE assistirão ao encontro com o poeta Ferreira Gullar.

Assessoria de Comunicação Social do FNDE

Confira a programação do FNDE
X
Fim do conteúdo da página