Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Freqüência escolar: prazo até dia 30
Início do conteúdo da página
Outras

MEC deve anunciar nova data na quarta-feira

  • Domingo, 04 de outubro de 2009, 17h41
  • Última atualização em Segunda-feira, 05 de outubro de 2009, 09h04
O ministro Fernando Haddad anunciou hoje, dia 4, que o Ministério da Educação divulga, provavelmente, na quarta-feira, 7, a nova data do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). A decisão será tomada depois de quatro reuniões a serem realizadas na segunda e terça-feira. “Na quarta-feira já poderemos fechar o diagnóstico e apresentar os novos processos para realização do Enem. Divulgaremos os procedimentos de segurança, parceiros envolvidos e a data do novo Exame”, afirmou o ministro Fernando Haddad.

Na manhã da segunda-feira, 5, continua a reunião entre os técnicos do Inep e do MEC com os representantes do consórcio de empresas responsáveis pela realização do Enem, interrompida na madrugada de sábado, 3. Às 15h30, o ministro Fernando Haddad reúne-se com o Comitê de Governança do Enem 2009, que reúne reitores de Universidades e Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia, secretários estaduais e municipais de Educação, além de representantes do MEC.

Na terça-feira, 6, o ministro reúne-se com a Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes), que traz os reitores das 55 universidades federais de todo o país. Depois, encontra-se com o ministro da Justiça, Tarso Genro, para discutir o inquérito sobre o vazamento da prova e também para apresentar um mapeamento dos processos tomados para a prova adiada e pedir a colaboração do serviço de inteligência da Polícia Federal para o novo Exame.

Questão de honra – “O país foi vítima de um ato de delinquência que prejudicou toda a sociedade – estudantes, universidades, governo”, afirmou o ministro. Ele reiterou ainda que “é lamentável que um ato delinquente tenha colocado em risco uma conquista de toda a sociedade para a democratização do ensino superior, como é reconhecido o Enem”.

O ministro da Educação elogiou o trabalho da Polícia Federal. “Temos uma polícia eficiente, que em cerca de 48 horas conseguiu chegar aos responsáveis pelo crime”. O delegado responsável pelas investigações informou ao ministro que a investigação está extremamente avançada. “Chegar aos responsáveis era uma questão de honra”, concluiu o ministro.

Assessoria de Comunicação Social

Confira a entrevisa na íntegra.
Assunto(s): Enem
X
Fim do conteúdo da página