Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Freqüência: último dia para informar os dados
Início do conteúdo da página
Planos de Ações Articuladas

Planejamento de municípios é avaliado pelos coordenadores

  • Terça-feira, 13 de abril de 2010, 15h25
  • Última atualização em Terça-feira, 13 de abril de 2010, 15h25
Coordenadores de acompanhamento dos planos de ações articuladas (PAR) de 25 estados e pesquisadores de 16 universidades federais reúnem-se a partir desta terça-feira, 13, até quinta, 15, no auditório do Ministério da Educação, em Brasília, para avaliar o desempenho dos PARs municipais. Os planos definem as ações a serem executadas em cada estado, município e Distrito Federal, tanto no campo da infraestrutura física quanto na área pedagógica, de forma a melhorar seu Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb).

Ao descrever o PAR como um instrumento que permite elaborar diagnósticos de estados e municípios, focando em ações que modifiquem os índices da educação no país, o secretário executivo do MEC, José Henrique Paim, afirmou que “a partir de sua criação, inauguramos um novo padrão de relacionamento com os estados e municípios”. Segundo ele, o crescimento vertiginoso dos orçamentos do MEC e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) nos últimos anos deveu-se à melhora no desempenho dos projetos da educação.

Online – “As estatísticas são favoráveis ao PAR”, disse Renilda Peres de Lima, diretora de assistência a programas especiais do FNDE, que está promovendo o encontro. Dos 5.564 municípios brasileiros, 5.534 elaboraram seus planos, e desses, 5.400 já tiveram os projetos aprovados para receber recursos da autarquia. Além disso, 4.200 municípios estão cadastrados no Sistema Integrado de Planejamento, Orçamento e Finanças (Simec), que permite o acompanhamento e monitoramento dos planos via internet. Entre esses, 2.320 foram visitados por técnicos das secretarias estaduais de educação e das universidades federais envolvidas.

Durante o encontro, os pesquisadores vão apresentar os resultados de estudos feitos a partir da observação do desempenho do PAR em todas as regiões brasileiras. Falhas, acertos e experiências serão avaliados e apresentados, a fim de serem elaboradas novas diretrizes e formulado um cronograma de ações para 2010.

Assessoria de Comunicação Social do FNDE
X
Fim do conteúdo da página