Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Com base em parecer técnico, MEC recolhe das escolas o livro 'Enquanto o sono não vem'
Início do conteúdo da página
Certificação

Inscrições para exame estarão abertas nas próximas semanas

  • Quinta-feira, 06 de março de 2014, 12h08
  • Última atualização em Quinta-feira, 06 de março de 2014, 12h08
Jovens e adultos residentes no Brasil e no exterior terão prazo entre os dias 13 e 31 próximos para fazer a inscrição no Exame Nacional de Certificação de Competências (Encceja) de 2014. Organizado pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), o exame é destinado a quem não teve a oportunidade de concluir os estudos na idade apropriada.

Os resultados garantem a certificação de conclusão do ensino fundamental para quem vive no Brasil e dos ensinos fundamental e médio para aqueles que moram no exterior.

No país, para a obtenção do certificado de conclusão do ensino fundamental, podem fazer o exame pessoas com no mínimo 15 anos completos na data de realização das provas, que serão aplicadas em 1° de junho de 2014, em todas as unidades da Federação. Candidatos com deficiência terão assegurado atendimento especial.

Na inscrição, os candidatos ao certificado podem optar por uma ou mais áreas do conhecimento que serão avaliadas:

• Língua portuguesa, com redação.
• Língua estrangeira moderna.
• Educação física e educação artística.
• Matemática.
• História e geografia.
• Ciências naturais.

A certificação é concedida pelas secretarias estaduais de educação. Portanto, o candidato precisa indicar, no momento da inscrição, a secretaria na qual pedirá o documento. As inscrições, gratuitas, devem ser feitas on-line, na página do Encceja na internet, das 10 horas do dia 17 próximo até as 23h59 do dia 31.

Exterior — Para concorrer ao certificado de conclusão do ensino fundamental, o brasileiro residente no exterior precisa ter no mínimo 15 anos completos na data de realização das provas. Para quem pretende o certificado para o ensino médio, a idade mínima é de 18 anos no dia do exame. As inscrições também são gratuitas e só podem ser feitas na página específica do exame, das 10 horas do dia 13 próximo até as 23h59 do dia 31.

No Japão, as provas serão aplicadas em Ota, Hamamatsu e Nagóia. As provas do ensino fundamental serão realizadas em 31 de maio, de manhã e à tarde, de acordo com as áreas do conhecimento selecionadas. Para o ensino médio, em 1º de junho, também em dois períodos, de acordo com as áreas do conhecimento.

Ainda no Japão, os candidatos que não dispuserem de acesso à internet poderão fazer a inscrição em computadores disponíveis nos endereços indicados no edital do exame. Além disso, o Consulado-Geral do Brasil em Tóquio procederá às inscrições dos brasileiros submetidos a penas privativas de liberdade naquele país.

Também haverá provas em Portugal (Lisboa), Bélgica (Bruxelas), Guiana Francesa (Caiena) e Estados Unidos (Boston e São Francisco). Nesses países, os exames para o ensino fundamental serão aplicados em 7 de junho, nos turnos matutino e vespertino, conforme as áreas do conhecimento selecionadas. Para o ensino médio, as provas serão aplicadas em 8 de junho.

O exame no exterior é de responsabilidade do Inep, em parceria com as respectivas representações diplomáticas brasileiras. A certificação caberá à Secretaria de Educação do Distrito Federal. Para o ensino fundamental, as provas serão as mesmas aplicadas no exame brasileiro. Para o ensino médio, haverá provas de:

• Linguagens, códigos e suas tecnologias (língua portuguesa, língua estrangeira moderna, artes e educação física).
• Matemática e suas tecnologias
• Ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia)
• Ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia).

Mais informações sobre o Encceja no Edital do Inep nº 4/2014 (Brasil), publicado no Diário Oficial da União de quarta-feira, 5, e no Edital do Inep nº 5/2014 (exterior), publicado no Diário Oficial da União desta quinta-feira, 6.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

X
Fim do conteúdo da página