Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estudantes de instituto alagoano farão estágio nos Estados Unidos
Início do conteúdo da página
Certificação

Inscrições para o Encceja 2018 se encerram nesta sexta, 27

  • Sexta-feira, 27 de abril de 2018, 11h16
  • Última atualização em Sexta-feira, 27 de abril de 2018, 13h26

As inscrições para a edição de 2018 do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja Nacional) 2018 terminam às 23h59 (Horário de Brasília – DF) desta sexta, 27. Brasileiros que não conseguiram concluir os estudos na idade adequada e desejam obter o certificado de conclusão do ensino fundamental (para maiores de 15 anos) ou do ensino médio (para maiores de 18 anos) devem acessar a página do Instituto Nacional de Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), órgão vinculado ao MEC, para fazer a inscrição, que é gratuita. Quem faltar às provas em 5 de agosto terá que justificar a ausência para garantir o direito à gratuidade em edições futuras.

Também termina nesta sexta-feira o prazo de alteração da cidade de preferência para aplicação das provas, nível de ensino, áreas do conhecimento e solicitações de atendimento especializado e/ou específico. Para orientar os interessados, o Inep preparou um passo a passo de todas as etapas da inscrição. Entre os pontos que merecem mais atenção, estão a escolha da instituição certificadora onde o participante prefere solicitar o certificado de conclusão ou a declaração parcial de proficiência, que são os dois documentos emitidos quando se obtém a nota mínima exigida. A divulgação dos resultados está prevista para o último trimestre de 2018.

A seleção do nível de ensino e das áreas de conhecimento é outro ponto importante. Quem visa ao certificado de conclusão do ensino fundamental ou do ensino médio precisa ter proficiência nas quatro áreas do conhecimento e na redação. O participante que já tem alguma declaração parcial de proficiência, obtida em edições passadas do Enem ou do próprio Encceja, fica liberado de fazer a prova da área na qual já tem proficiência comprovada.

O exame – Quem não tem uma declaração parcial de proficiência deve escolher fazer todas as provas do nível de ensino para o qual busca a certificação. Além de uma redação, há 30 questões de múltipla escolha por área. Para obter proficiência em português, no caso do ensino fundamental, e em linguagem e suas tecnologias, no caso do ensino médio, é preciso obter a nota mínima na prova objetiva e também na redação.

Uma novidade desta edição é que, para o candidato que prestou o exame em 2017 e obteve nota mínima em qualquer área do conhecimento, o sistema apresentará, automaticamente, apenas as áreas que o participante ainda precisa fazer para solicitar o certificado. Outra melhoria é relacionada aos atendimentos especializados. Estudantes que tiveram o documento comprobatório aprovado no ano passado não precisarão enviar novamente a documentação. Se a solicitação de atendimento especializado for a mesma, será aprovada automaticamente. Já as solicitações de atendimento por nome social poderão ser feitas na próxima semana, entre 30 de abril e 4 de maio.

Além do Encceja Nacional, o Inep também aplicará o Encceja Exterior, em 16 de setembro, para brasileiros que vivem em outros países. Também serão realizadas edições para pessoas privadas de liberdade (PPL), sendo no Brasil em 18 e 19 de setembro e, no exterior, entre 17 e 21 de setembro. Os editais dessas aplicações serão publicados em maio.

Clique aqui para fazer a inscrição no Encceja Nacional.

O passo a passo está disponível na página do Inep.

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): inscrições , prazo , Encceja
X
Fim do conteúdo da página