Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Indicadores educacionais estão disponíveis para consultas
Início do conteúdo da página
Reestruturação

Contrato de parceria transfere administração do Hospital de Clínicas de Uberlândia à Ebserh

  • Quinta-feira, 03 de maio de 2018, 17h06
  • Última atualização em Quinta-feira, 03 de maio de 2018, 18h14

O reitor Kleber Morais (esquerda), o presidente da estatal, Valden Steffen Júnior (assinando) e o ministro Rossieli Soares, durante evento no edifício sede do MEC (Foto: Mariana Leal/MEC)

A Universidade Federal de Uberlândia (UFU) assinou contrato com a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh), autarquia vinculada ao Ministério da Educação, para a gestão do Hospital de Clínicas. Com a nova parceria, a rede Ebserh passa a administrar 40 hospitais universitários federais, dos 50 existentes no país. O contrato foi assinado nesta quinta-feira, 3, na sede do MEC, em Brasília.

O ministro da Educação, Rossieli Soares, ressaltou a importância da rede Ebserh para o Brasil. “A Ebserh é um braço de apoio muito forte às universidades e aos hospitais universitários”, afirmou. “Temos agora uma etapa importante de implementação e continuamos com o mesmo espírito de apoiar e fazer com que este hospital se torne cada vez mais uma referência na região de Uberlândia por meio da universidade”, completou o ministro. Ele observou ainda que a rede Ebserh atende milhões de brasileiros, em todas as áreas de saúde, com todos os tipos de tratamento e, “logicamente, com o objetivo de formação de futuros médicos”.

Com a assinatura do contrato, é iniciada a implantação de um plano de transição, com duração de dois anos, que prevê a reestruturação da unidade hospitalar, ação executada de forma conjunta entre a universidade e a estatal. O plano prevê a adoção de medidas para a recuperação da infraestrutura física e tecnológica, assim como a recomposição do quadro de pessoal, com a realização de concurso público.

Segundo o presidente da rede Ebserh, Kleber Morais, um dos principais objetivos dessa reestruturação é possibilitar a ampliação do número de leitos para melhorar a oferta de serviços oferecidos à população. “Hoje é um dia muito importante para o MEC, para o Hospital das Clínicas de Uberlândia e para a Ebserh. Nós trouxemos o 40º hospital para a nossa rede, que conta com 50 mil funcionários que trabalham exaustivamente em prol da educação continuada, da pesquisa e da extensão. Sobretudo olhando para aqueles pacientes carentes que procuram os hospitais universitários. Esses hospitais são o porto seguro dessas pessoas”, disse Kleber Morais.

O reitor da UFU, Valden Steffen Júnior, agradeceu o empenho de todos na realização da parceria. “Só tenho palavras de agradecimento à equipe da Ebserh e da universidade, particularmente à equipe do hospital, que têm trabalhado arduamente nesses últimos meses até que pudéssemos chegar a esse dia. Esse é um passo importante”, avaliou o reitor.

Atendimento – Estatal vinculada ao Ministério da Educação, a Ebserh administra atualmente 39 hospitais universitários federais. O objetivo é, em parceria com as universidades, aperfeiçoar os serviços de atendimento à população, por meio do Sistema Único de Saúde (SUS), e promover o ensino e a pesquisa nas unidades filiadas.

Os hospitais universitários administrados a partir da parceria com a empresa pública continuam subordinados academicamente às universidades e a prestação de serviços de assistência à saúde permanece de forma gratuita, 100% no âmbito do SUS.

A empresa, criada em dezembro de 2011, também é responsável pela gestão do Programa Nacional de Reestruturação dos Hospitais Universitários Federais (Rehuf), que contempla ações em todas as unidades existentes no país, incluindo as não filiadas à Ebserh.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página