Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Brasil e EUA discutem exames e possível intercâmbio estudantil
Início do conteúdo da página
TV Escola

História em Campo vai mostrar jogos marcantes da Copa do Mundo

  • Segunda-feira, 28 de maio de 2018, 11h32
  • Última atualização em Terça-feira, 29 de maio de 2018, 12h27

A TV Escola estreia, em 1º de junho, às 21h, o programa História em campo. A nova atração, a ser exibida diariamente nesse horário, será uma espécie de “aquecimento” para a Copa do Mundo 2018 e trará uma série de 15 interprogramas que traçam um roteiro histórico e geopolítico do Brasil e do mundo em cada uma das temporadas marcadas pelos torneios.

“O nosso objetivo é expressar, junto aos filmes, o contexto histórico e educativo de cada país, do Brasil e do mundo, nos períodos dos jogos”, afirma Fernando Veloso, diretor-geral da TV Escola. São 88 anos de história, período durante o qual foram realizadas 20 edições do maior torneio de futebol do mundo. 

Com roteiro produzido pela equipe de conteúdo da TV Escola, os programas têm duração média de cinco minutos e antecedem a exibição dos filmes oficiais de cada uma das edições da Copa do Mundo produzidos pela Federação Internacional de Futebol (Fifa) – à exceção dos torneios de 2010, na África do Sul, e de 2014, no Brasil.

Recorte socialHistória em campo trará destaques de épocas importantes, como o período pós-Segunda Guerra Mundial, vivido na Copa de 1954, na Suíça. Quando o conflito acabou, o sentimento generalizado era de que a tragédia jamais poderia se repetir. Nos bastidores, a realidade era diferente, assinalando o começo de um jogo de influência mundial entre Estados Unidos e União Soviética. No torneio seguinte, em 1958, no Chile, quando o Brasil conquistou seu primeiro título mundial, a situação de confronto entre as duas potências já era conhecida como Guerra Fria.

Os roteiros mostram também aspectos curiosos da sociedade brasileira, como o tempo em que as casas mudavam de cara e de hábitos, em 1958, com a chegada das enceradeiras e aspiradores de pó; e o anunciado governo dos “50 anos em cinco” de Juscelino Kubistchek. São peculiaridades que influenciaram a forma de acompanhar os jogos no Brasil.

Da primeira edição até a Copa de 1962, brasileiros acompanhavam a seleção canarinho através do rádio. Já na Copa de 1966, apesar de a TV já ser uma realidade por aqui, não havia transmissão ao vivo. Os jogos eram exibidos com mais de um dia de atraso, ou imitando o estilo radiofônico. Os canais mostravam fotografias da seleção brasileira enquanto o locutor narrava cada partida, lance a lance. Em 1970, quando a seleção se consagrou tricampeã mundial, os aparelhos de tevê já estavam espalhados pelo país, mas poucos tinham acesso à transmissão em cores.

Ficha e programaçãoHistória em campo tem como apresentadores Clarissa Vargas e Ernesto Xavier, do programa Rede Escola; Bárbara Pereira e Murilo Ribeiro, do Salto para o Futuro; e Land Vieira, do Hora do Enem. Também estão confirmados o gerente de conteúdo do Hora do Enem, Walmir Cardoso; o repórter Rodrigo Gantois, correspondente do canal em Brasília; e Gabi Saboya, apresentadora do Rede Escola e uma das narradoras selecionadas no time Fox, durante o mundial.  

Confira, abaixo, a lista dos filmes oficiais da Copa a serem exibidos:  

  • 1930 - Uruguai 
  • 1954 - Suíça -  German Giants
  • 1958 - Suécia - Hinein
  • 1962 - Chile - Viva Brasil
  • 1966 - Inglaterra - Goal
  • 1970 - México - The world at their feet
  • 1974 - Alemanha - Heading for glory
  • 1978 - Argentina - Campeones
  • 1982 - Espanha - G'ole
  • 1986 - México - Hero
  • 1990 - Itália - Soccer shout out
  • 1994 – Estados Unidos - Two billion hearts
  • 1998 - França - La Coupe de La Gloire
  • 2002 - Japão/Coreia do Sul - Seven Games from glory
  • 2006 - Alemanha - The story of the 2006 FIFA World Cup

Assessoria de Comunicação Social

 

Assunto(s): tv escola , especial , Copa do Mundo
X
Fim do conteúdo da página