Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Interpretação de texto em espanhol é destaque no Hora do Enem da semana
Início do conteúdo da página
Trilhas da Educação

Equipe do IFAC está na final da Olimpíada Nacional de História do Brasil

  • Sexta-feira, 26 de julho de 2019, 12h06
  • Última atualização em Sexta-feira, 26 de julho de 2019, 14h04

A equipe do campus Rio Branco do Instituto Federal do Acre (IFAC) se classificou para a final da Olimpíada Nacional de História do Brasil, a ser realizada em 17 e 18 de agosto, na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), em São Paulo. O grupo foi considerado o melhor da Região Norte, entre mais de mil equipes que estavam na semifinal da competição.

“Os meninos já têm garantida uma medalha, porque só o fato deles terem conquistado estar na grande final, eles já alcançaram a medalha de honra ao mérito”, disse Flávia Silva, professora e orientadora da equipe Dagdanos, da 3ª série do ensino médio integrado do IFAC, do curso técnico em Informática para Internet.

Flávia Silva contou ainda que é a primeira vez que os estudantes participam e que a organização da equipe se deu da seguinte forma: um professor e três alunos da 3ª série: “Os meninos de fato são do curso de informática para internet [...], eles têm uma grade curricular integrada. Além do certificado do Ensino Médio, já saem com um diploma técnico também. No entanto, eles não só demonstram interesse pelas matérias da parte técnica, mas também pelas demais da base curricular.”

A competição é composta por seis fases de provas realizadas de forma online, com duração de uma semana cada. As questões de múltipla escolha e realização de tarefas são respondidas pelos participantes por meio de debate, pesquisa em livros, internet e orientação do professor. O estudante Chamêisson de Araújo falou sobre a participação. “Durante todas essas fases a gente pode ter essa vivência, entendendo a cada passo o contexto do Brasil. Desde o seu nascimento, a chegada dos portugueses, a exploração, a escravatura a abolição e depois disso”, disse.

Juntamente com as provas, a Olimpíada encaminha tarefas de análises de imagens, obras e textos dos séculos 16, 17, 18 ou 19, para que os alunos se reúnam e façam a transcrição desses textos para a atualidade.

A 11ª edição da Olimpíada registrou 73 mil inscritos, contando com todas as regiões do Brasil – o equivalente a 18.500 equipes. Da Região Norte foram 1.100. No total, acabaram convocadas 314 equipes de todo o Brasil para a final. O resultado foi divulgado no mês passado.

Saiba mais – A história da equipe da IFAC que se classificou para a final da Olimpíada Nacional de História do Brasil é o tema da edição desta sexta-feira, 26 de julho, do programa Trilhas da Educação, da Rádio MEC.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página