Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Veículo adaptado do IFRN facilita o acesso de cadeirantes à praia
Início do conteúdo da página
Trilhas da Educação

Veículo adaptado do IFRN facilita o acesso de cadeirantes à praia

  • Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019, 15h58
  • Última atualização em Sexta-feira, 13 de dezembro de 2019, 21h15

CRAB é movido por placas fotovoltaicas, equipamentos que geram energia solar

Sol, mar e água fresca. Você já parou para pensar que curtir um dia de verão não é um programa acessível a todos? Pensando nisso, alunos e docentes do Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN) criaram o CRAB, um veículo adaptado que facilita o acesso de cadeirantes à praia.

CRAB vem do inglês e significa “caranguejo”. O nome foi escolhido por conta da habilidade do animal em andar na areia. O sistema do veículo tem tração para sustentar um cadeirante de até oitenta quilos e bateria de até sete horas de duração.

Um dos criadores, o diretor de Inovações do IFRN, João Teixeira, explicou como a invenção funciona. “O veículo possui baterias que alimentam os motores e são carregadas por meio de um sistema de energia solar fotovoltaica”, disse.

A ideia é que o usuário tenha autonomia para entrar e sair sem ajuda de terceiros. “O veículo possui uma rampa de acesso e botões e controles que permitem que o cadeirante tenha total independência para se locomover na areia”, completou.

A inspiração para o projeto surgiu a partir da experiência de um estudante do instituto. “A gente tinha um colega lá no IFRN no qual eu conversei diversas vezes e ele falou sobre essa dificuldade de ir na praia. E aí surgiu essa ideia de fazer o projeto CRAB como sendo um veículo adaptado a cadeirantes para mobilidade em praias”, contou o também aluno e um dos idealizadores do veículo, Iago Souza.

Até o momento, a criação tem um protótipo em escala real. Anualmente, o grupo faz ações nas praias de Natal. De acordo com Teixeira e Souza, a próxima meta é levar o CRAB a outras praias brasileiras.

A iniciativa já foi reconhecida dentro e fora do Brasil. Entre os prêmios estão o quarto lugar na Feira Brasileira de Ciências e Engenharia, em São Paulo, e na Mostra Internacional de Ciência e Tecnologia, no Rio Grande do Sul. A invenção também levou o primeiro lugar na Infomatrix, feira realizada no México.

Saiba mais – A história do CRAB é o tema da edição desta sexta-feira, 13 de dezembro, do programa Trilhas da Educação, da Rádio MEC.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página