Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Processo de escolha das obras didáticas para 2019 segue até 10 de setembro
Início do conteúdo da página
Censo Escolar

Indicadores mostram queda de reprovação e maior aprovação

  • Sexta-feira, 10 de maio de 2019, 19h21
  • Última atualização em Sexta-feira, 10 de maio de 2019, 19h33

Os indicadores educacionais da Taxa de Rendimento e Taxa de Não Resposta coletadas pelo Censo Escolar 2018 mostram redução de reprovações, aumento de aprovações e abandono em queda ou estável, nos ensinos médio e fundamental.

Os dados foram publicados nesta sexta-feira, 10, no Portal do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), e estão disponíveis para consulta.

A publicação cumpre o cronograma do Censo Escolar previsto em portaria e encerra o calendário do levantamento estatístico feito em 2018, com tendência de melhoras. Em 29 de maio, Dia Nacional do Censo Escolar da Educação Básica, o instituto inicia a campanha de 2019.

As taxas de rendimento, informadas pelas escolas, revelam a situação dos alunos ao final do ano letivo.

As taxas de rendimento são indicadores utilizados no cálculo do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), que avalia o desempenho educacional divulgado a cada dois anos pelo Inep. O cálculo é feito partir da combinação das taxas de rendimento do Censo Escolar com a atuação dos estudantes no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Os dados estão disponíveis para consulta com recortes nacional, por regiões, por unidade da federação, por município e por escola. São filtrados de acordo com a localização (urbana ou rural), a dependência administrativa (federal, estadual, municipal ou privada), o nível de ensino (fundamental ou médio) e a série ou ano.

Censo Escolar – É o principal instrumento de levantamento estatístico educacional brasileiro nessa área. Coordenado pelo Inep, é realizado em regime de colaboração entre as secretarias estaduais e municipais de educação e com a participação de todas as escolas públicas e privadas do país. A ação abrange as diferentes etapas e modalidades da educação básica e profissional: ensino regular, educação especial, educação de jovens e adultos (EJA) e educação profissional.

A coleta de dados é feita por meio das declarações entregues pelas escolas.

Dados disponíveis para consulta

Confira a Portaria n° 254, de 11 de abril de 2018

Assessoria de Comunicação Social 

X
Fim do conteúdo da página