Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Cuba realiza Congresso de Educação Superior
Início do conteúdo da página
Enem

Privados de liberdade fazem provas nesta terça e na quarta

  • Segunda-feira, 30 de novembro de 2015, 13h17
  • Última atualização em Segunda-feira, 30 de novembro de 2015, 13h17

As pessoas privadas de liberdade e as que cumprem medidas socioeducativas participam nesta terça-feira, 1º de dezembro, e na quarta, 2, do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015. As provas serão aplicadas nas unidades prisionais e socioeducativas a 45,5 mil participantes.

Participam do exame pessoas cujas unidades prisionais e socioeducativas firmaram termo de compromisso com o Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep). As inscrições foram feitas via internet pelos responsáveis pedagógicos de cada instituição. Eles também estão encarregados do acesso aos resultados, da divulgação das informações do exame aos inscritos e do encaminhamento dos candidatos ao Sistema de Seleção Unificada (Sisu) e a outros programas de acesso à educação superior.

Nesta terça-feira, 1º, os candidatos fazem as provas de ciências humanas e suas tecnologias (história, geografia, filosofia e sociologia) e de ciências da natureza e suas tecnologias (química, física e biologia), com duração de 4 horas e 30 minutos. No segundo dia, os inscritos testarão os conhecimentos em linguagens, códigos e suas tecnologias (língua portuguesa, literatura, língua estrangeira – inglês ou espanhol –, artes, educação física e tecnologias da informação e comunicação), redação e matemática, com duração de 5 horas e 30 minutos.

Este ano, o número de inscrições dos privados de liberdade cresceu 19% em relação a 2014. No ano passado, o Inep registrou 38,1 mil inscritos.

Assessoria de Comunicação Social do Inep

Assunto(s): Enem , privados de liberdade
X
Fim do conteúdo da página