Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Lei obriga ensino de história e cultura afro
Início do conteúdo da página
Ensino médio

Resultados dos recursos para isenção de taxa no Enem estão disponíveis

  • Quinta-feira, 07 de maio de 2020, 18h06
  • Última atualização em Sexta-feira, 08 de maio de 2020, 10h23

Interessados devem conferir as informações na Página do Participante

O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) abriu nesta quinta-feira, 7 de maio, a consulta aos resultados dos pedidos de recurso para a isenção de taxa de inscrição do Exame Nacional do Ensino Médio. Os interessados devem acessar a Página do Participante, no aplicativo ou no site do Enem, e conferir as informações.

Quem conseguir terá direito a não pagar a taxa. A isenção, no entanto, não garante a participação no Enem. Quem já conseguiu a gratuidade deve, como todos os outros interessados, efetuar a inscrição entre 11 e 22 de maio.

Durante todo o período de inscrição, será garantida, de ofício, a gratuidade de taxa a todos aqueles que se encaixarem nos perfis de isenção descritos no edital, mesmo sem pedido formal. Aqueles que não se encaixarem nos perfis de isenção deverão realizar a inscrição e fazer o pagamento da taxa no prazo estabelecido para concluir a inscrição.

Tem direito à gratuidade na inscrição do Enem impresso ou digital quem:

  • cursa a última série do ensino médio em 2020, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar;
  • cursou todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada e tem renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
  • declare estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, nos termos do art. 4º do Decreto nº 6.135, de 26 de junho de 2007, e que esteja inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), por ter renda familiar per capita de até meio salário mínimo ou renda familiar mensal de até três salários mínimos.

Aplicação digital – O Inep implanta, em 2020, a aplicação-piloto da versão digital do exame. A oportunidade será aberta para pouco mais de 100 mil inscritos que se inscreverem primeiro no Enem Digital. As vagas são ofertadas a todos os estados e ao Distrito Federal. As provas estão marcadas para 22 e 29 de novembro e seguem a mesma estrutura logística do modelo em papel. O exame será aplicado em locais e computadores indicados pelo Inep.

Versão impressa – Não muda nada na estrutura das provas em papel, que estão marcadas para os dias 1º e 8 de novembro.

Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Assunto(s): MEC , Enem , Inep
X
Fim do conteúdo da página