Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Emissão e registro de diplomas de graduação terão novas regras
Início do conteúdo da página
Institutos federais

Equipe do Instituto Fluminense brilha em competição de barcos

  • Sexta-feira, 06 de novembro de 2009, 16h21
Cabo Frio – A equipe Solaris, formada por professores e estudantes do curso técnico em eletromecânica do campus Cabo Frio, do Instituto Federal Fluminense, participou no final de outubro de uma competição entre barcos movidos a energia solar – Desafio Solar Brasil 2009 – realizada em Paraty, município ao sul do Estado do Rio de Janeiro. O barco Costa do Sol obteve a quinta colocação na classificação geral e recebeu da organização do evento o prêmio de barco com melhor design.

Coordenada pelo professores Antônio Arapiraca (físico) e Damião Almeida (engenheiro eletricista), a equipe Solaris competiu com 11 barcos desenvolvidos por diversas instituições e conquistou uma ótima classificação, ficando à frente dos barcos de universidades com maior tradição na área naval.

A embarcação que ganhou o nome de Costa do Sol conseguiu, com apoio do Pólo Náutico da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), dois cascos de catamarã e painéis solares. Entretanto, as instalações elétricas, a parte mecânica do barco e toda sua estruturação para obter condições de navegação foram desenvolvidas pelos estudantes e professores do Campus Cabo Frio.

“Inicialmente achamos que nossa pouca experiência na área naval diminuiria nossa competitividade, mas ficamos muito orgulhosos com o trabalho de nossos alunos e, tenho certeza, representamos muito bem o Instituto Federal Fluminense”, ressaltou o professor Arapiraca.

Para o diretor do Campus Cabo Frio, César Dias, o entusiasmo dos alunos para participar da competição foi a grande vitória. “Esses jovens têm apenas um semestre cursado aqui no campus e foram capazes de realizar um projeto dessa magnitude. Acredito que esse é um grande exemplo de quanto é importante incentivar projetos como esse e investir na educação científica e tecnológica”, afirmou o diretor.

O Desafio Solar Brasil foi promovido pelo Pólo Náutico da UFRJ e tem como objetivo estimular a ampliação de tecnologias para fontes limpas de energia, assim como incentivar pesquisas e projetos que contribuam para o desenvolvimento da indústria marítima brasileira.

O Desafio Solar 2009 superou as expectativas dos organizadores que já começaram a organizar o evento para 2010. Para isso, convidou alguns participantes para compor a comissão da organização do Desafio Solar 2010. Assim, os professores Antônio Arapiraca e Damião Almeida, do campus Cabo Frio, agora são membros dessa comissão e participarão ativamente em 2010.

O resultado geral e mais informações sobre a competição pode ser encontrado na página do evento.

Assessoria de Imprensa do Instituto Federal Fluminense
Assunto(s): Institutos federais
X
Fim do conteúdo da página