Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Combate ao coronavírus

Instituto Federal do Sul de Minas ajuda mais de 170 instituições com produção de álcool em gel

  • Quinta-feira, 23 de abril de 2020, 12h01

Trinta e três municípios mineiros já foram beneficiados pela iniciativa do instituto


Mais de 170 instituições de 33 municípios mineiros já foram beneficiadas com o álcool em gel 70% e álcool glicerinado produzidos pelo Instituto Federal do Sul de Minas. Foram entregues mais de 2 mil litros de álcool em gel e 235 litros do álcool glicerinado. 

O Lar São Vicente de Paulo, no município de Varginha (MG), é uma das entidades beneficentes atendidas. Segundo a assistente social Thaís Mendes, houve uma diminuição grande nas doações e aumento do consumo de forma geral. 

“Antes da pandemia, conseguíamos comprar 5 litros de álcool em gel por R$ 38. Hoje está por volta de R$ 200 até R$ 290. Além da economia, a doação nos auxilia manter a segurança de nossos idosos e de nossos funcionários”, destacou Thaís.

A Santa Casa de Misericórdia de Poços de Caldas (MG) foi uma das primeiras a receber a doação. Para sua provedora, Célia Maria de Souza, o álcool veio em boa hora. “Temos 162 leitos que dependem desse material. Só tenho a agradecer a todos os envolvidos na ação”, disse. 

Para que tudo isso fosse possível, há uma estrutura enxuta e bem organizada desde a produção do material, no campus Inconfidentes, até a recepção, controle e despacho semanal pela equipe de transportes da reitoria. 

O coordenador de logística, Reginaldo de Oliveira, destaca o esforço da equipe. “Não somos uma transportadora, e sim uma instituição de ensino. Mas, nessa hora, a gente se surpreende. Temos procurado otimizar os recursos com trajetos objetivos e fazê-los no tempo mais curto possível”, disse. 

Semanalmente, os veículos da reitoria buscam os antissépticos no campus Inconfidentes e fazem a distribuição. Para as entregas, servidores e terceirizados receberam treinamento técnico do setor de saúde e, também, utilizam equipamentos de proteção individual (EPIs).

O reitor da instituição, Marcelo Bregagnoli, classificou como "um orgulho" a atuação de servidores e colaboradores tão empenhados. O engenheiro químico responsável pela produção, Eduardo de Oliveira, afirmou que o trabalho tem sido intenso. “Temos conseguido produzir até 400 litros por dia, em turno dobrado. Nosso trabalho principal é manter a qualidade do produto. Esperamos produzir o máximo possível, enquanto tivermos todos os reagentes”.

Parcerias - Para que o trabalho fosse realizado, o Instituto Federal contou com o apoio de diversas empresas, da Receita Federal e de voluntários. Quem tiver interesse em doar materiais como carbopol (produto químico que gelifica o álcool), glicerina e embalagens para o IFSuldeMinas, pode entrar em contato pelo e-mail: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

Assessoria de Comunicação Social, com informações do IFSuldeMinas

Assunto(s): coronavírus , IFSuldeMinas
X
Fim do conteúdo da página