Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Educação básica

Provinha Brasil é distribuída;aplicação não é obrigatória

  • Terça-feira, 23 de novembro de 2010, 18h14
A Provinha Brasil mede a aprendizagem de estudantes do segundo ano do fundamental. (Foto: Wanderley Pessoa)Cerca de 3,4 milhões de estudantes das redes públicas que cursam o segundo ano (alfabetização) do ensino fundamental poderão fazer no final deste semestre a Provinha Brasil. A aplicação dos testes é opcional, mas todas as escolas que registraram, no censo escolar de 2009, matrículas no segundo ano do ensino fundamental receberão a provinha impressa.

Até o dia 17 deste mês, 90% das provas foram postadas nos correios, segundo informações da Secretaria de Educação Básica (SEB) do MEC. Os primeiros pacotes foram expedidos para as escolas das regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste. As últimas remessas seguem para as regiões Sudeste e Sul. A SEB orienta as escolas que ainda não receberam o conjunto da provinha a verificar nos correios e na secretaria municipal de educação. Cabe à secretaria de educação distribuir os pacotes para as escolas.

O conjunto da provinha é composto da prova dos alunos, um caderno que orienta a aplicação dos testes e um guia de correção para o professor de turma do segundo ano, além de orientações para os coordenadores pedagógicos das redes públicas.

Disponível para as redes públicas desde 2008, a Provinha Brasil tem 24 questões de múltipla escolha sobre a língua portuguesa. Além de ser opcional, é aplicada pelo professor em sua turma. A correção e análise dos resultados também são tarefas do professor, mas podem ter a participação de outros educadores, da coordenação pedagógica, da direção da escola, segundo orientações da Secretaria de Educação Básica do MEC.

Com a provinha, o aprendizado dos alunos é medido no início e no final do ano letivo. A avaliação do segundo semestre, por exemplo, oferece informações ao professor e à escola sobre a evolução da criança no período. O objetivo é que aos oito anos de idade toda criança esteja alfabetizada.

Matemática – Em 2011, a avaliação do aprendizado das crianças do ciclo de alfabetização será ampliada com testes de matemática. A proposta da Secretaria de Educação Básica e do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) é continuar com as duas edições da provinha de língua portuguesa no início e no final do ano e aplicar uma prova de matemática em agosto.

Ionice Lorenzoni
X
Fim do conteúdo da página