Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Ações internacionais

Livro comemora ano do Brasil na França

  • Sexta-feira, 07 de outubro de 2005, 12h56

Em comemoração pelo ano do Brasil na França, o ministro da Educação, Fernando Haddad, lança nesta segunda-feira, dia 10 de outubro, em Paris, o livro Diálogos entre França e Brasil: Formação e Cooperação Acadêmica. A obra reúne uma coletânea de 51 textos de autores brasileiros e franceses que tratam das relações entre os dois países.

De acordo com o organizador da publicação, professor Carlos Benedito Martins, a idéia é apresentar as parcerias desenvolvidas entre Brasil e França no passado e no presente, além de analisar as perspectivas futuras. “A contribuição francesa foi fundamental para o desenvolvimento do conhecimento científico no Brasil. A criação da Universidade de São Paulo, em 1934, é um exemplo que contou com a colaboração de vários professores franceses”, explica o professor doutor pela Universidade Paris V, em Ensino Superior Brasileiro.

Com o advento da pós-graduação no Brasil, na década de 70, a parceria entre os dois países se tornou mais simétrica. “A partir daí, passamos a exportar pesquisadores nacionais em praticamente todas as áreas do conhecimento”, diz Carlos Benedito Martins.

Numa perspectiva futura, o livro analisa as possibilidades de parcerias que podem ser ampliadas em áreas estratégicas para a França e o Brasil. A publicação é dividida em três partes: Educação e Cooperação França/Brasil; Campo das Engenharias, Ciências Exatas e da Vida; e Campo das Humanidades.

Autores – Produzida pelo MEC, Editora Massangana e Fundação Joaquim Nabuco, a obra traz textos do diretor da Escola de Altos Estudos em Ciências Sociais de Paris, Daniel Pécaut; do escritor Silviano Santiago; do sociólogo e professor na Universidade René Descartes-Paris V, Eric Plaisance; da jornalista e professora da Universidade de Brasília, Zélia Leal Adghirni; do professor de Ética e Filosofia Política na Universidade de São Paulo e diretor de Avaliação da Capes, Renato Janine Ribeiro; do engenheiro e secretário de Educação Superior do MEC, Nelson Maculan, entre outros.

O lançamento ocorrerá depois da conferência dos ministros da educação da França e do Brasil sobre o tema Estado e Educação e de um debate com especialistas em cooperação acadêmica. A solenidade será realizada às 18h do dia 10 de outubro, na Casa da América Latina (Maison de l’Amerique Latine) – 217, no Boulevard Saint Germain.

Repórter: Flavia Nery

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página