Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Educação infantil é tema de encontro em Brasília
Início do conteúdo da página
Outras

Palmas testa projeto de inclusão digital

  • Sexta-feira, 31 de agosto de 2007, 11h48

Mais de 900 alunos da escola estadual de educação básica Dom Alano, de Palmas, Tocantins, receberam nesta sexta-feira, dia 31, computadores portáteis (laptops) do projeto Um Computador por Aluno (UCA). Resultado de parceria entre o Ministério da Educação e a Secretaria de Educação e Cultura de Tocantins, o projeto visa a promover a inclusão digital na escola e ajudar no aprendizado dos alunos.

A escola de Palmas foi uma das cinco escolhidas, em todo território nacional, para desenvolver o projeto-piloto. A Dom Alano recebeu 400 computadores portáteis, que serão usados por alunos e professores dos três turnos. O projeto-piloto tem ainda escolas do Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, São Paulo e Distrito Federal.

Em Tocantins, são parceiros do UCA, a Intel do Brasil, a Metasys Tecnologia, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro), a Positivo Informática, a Pontifícia Universidade Católica (PUC) de São Paulo, a Brite Tecnologia, a Brasil Telecom e a RFS do Brasil Telecomunicações.

No desenvolvimento do projeto, o Ministério da Educação vai avaliar a potencialidade pedagógica do computador na sala de aula, as condições de uso, a interatividade entre os alunos, a segurança dos aparelhos na escola e a capacitação de professores. O MEC vai distribuir 1.640 computadores, doados pelos fabricantes. Três modelos de equipamento fazem parte do projeto-piloto, mas cada escola receberá computadores do tipo Classmate, da Intel, XO, da OLPC, ou Mobilis, da Encore. A previsão é de que o projeto seja concluído no fim deste ano.

Assessoria de Imprensa da Seed

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página