Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
Outras

Lula diz que educação combate o crime

  • Terça-feira, 26 de fevereiro de 2008, 14h56

Presidente Lula discursa para 13 mil trabalhadores e defende a educação como alternativa à criminalidade (Foto: Ricardo Stuckert/PR)Rio de Janeiro – O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu os investimentos na educação pública e a criação de oportunidades de emprego como alternativas à criminalidade.

Em discurso para 13 mil trabalhadores, nesta terça-feira, 26, durante visita às obras da Companhia Siderúrgica do Atlântico (CSA), no subúrbio de Santa Cruz, no Rio de Janeiro, o presidente Lula destacou que o Estado precisa dar opções à população.

Durante o discurso, afirmou que se o Estado e as empresas não oferecem oportunidades, o crime organizado e a bandidagem oferecem. “Se porrada educasse as pessoas, bandido saía da cadeia santo”, provocou.

O presidente comentou sobre os investimentos em educação desde o início da República e criticou a criação de apenas 140 escolas técnicas no Brasil, nesses 93 anos. Em oito anos de governo, disse, “teremos 10 novas universidades federais, 48 extensões universitárias, espalhadas pelo interior do país, e mais 214 escolas técnicas”.

Para o presidente, investimentos em educação técnica abrem possibilidades de emprego. “Eu sei o valor de um trabalhador com profissão. Se as pessoas não têm profissão, as oportunidades são diminutas”.

Manoela Frade

Leia a íntegra do discurso do presidente e ouça o áudio

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página