Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > 60 mil candidatos a certificadores do exame vão passar por capacitação
Início do conteúdo da página
Profissão Professor

Investimento em pós-graduação pode trazer ganhos econômicos e pedagógicos a educadores

O profissional da educação é personagem de uma série de reportagens do Portal do MEC. A terceira matéria aborda os programas de pós-graduação para os docentes e a oferta de bolsas para esses cursos 

  • Terça-feira, 17 de outubro de 2017, 09h00

 

Clarisse Rocha (segunda da esquerda para a direita) desenvolve pesquisas nas áreas de ecologia e zoologia, e é professora do Centro UnB Cerrado, no interior de Goiás (Foto: Arquivo pessoal) Nos últimos anos, as universidades brasileiras estão apostando em programas de pós-graduação voltados para docentes. Esses cursos conferem o título de mestre e de doutor ao licenciado, que, por sua vez, pode dar aula em qualquer instituição de ensino superior do país. A bióloga Clarisse Rezende Rocha, de 35 anos, buscou essa qualificação profissional e hoje desenvolve pesquisas nas áreas de ecologia e zoologia, com ênfase em estudos de populações e comunidades do cerrado. Desde 2016, ela é professora visitante do Centro UnB Cerrado, programa de extensão da Universidade de Brasília. Localizado em Alto Paraíso de Goiás (GO), na Chapada dos Veadeiros, o Centro contempla cursos ligados à área ambiental.

A procura por um currículo diferenciado, alinhado com a possibilidade de se destacar no competitivo mercado de trabalho, motivou Clarisse a investir na carreira acadêmica. Em 2007, ela concluiu o mestrado e, em 2011, o doutorado, ambos na área de ecologia, pela UnB.

“Claro que um possível ganho salarial é legal, mas não é o mais importante”, destaca a bióloga. “Nada é mais gostoso do que aprender. Hoje precisamos aumentar diariamente o nosso conhecimento acadêmico e técnico. Isso sem falar que, com a pós-graduação, ficamos mais bem preparados para encarar os nossos alunos dentro da sala de aula.”

Para o diretor de educação básica da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), Marcelo Câmara dos Santos, uma pós-graduação bem desenhada e executada, além de impulsionar a carreira, tem enorme potencial de modificar as concepções dos professores sobre o processo de ensino e aprendizagem. “Em particular, a pós-graduação valoriza e qualifica os professores”, afirma. “Assim, eles confrontam o que aprendem no curso com a sua prática cotidiana dentro da sala de aula.” 

Bolsas – Ao longo de toda a carreira acadêmica, Clarisse contou com o incentivo do governo federal para concluir os seus estudos. Tanto no mestrado quanto no doutorado, foi bolsista da Capes. “Esse financiamento dá uma segurança para você focar nos estudos e foi fundamental para executar todas as minhas pesquisas”, ressalta.  

Ciente disso, a Capes pretende aumentar a oferta de bolsas para a área de educação, anuncia o diretor de educação a distância do órgão, Carlos Lenuzza. “Atualmente, 30% dos alunos matriculados nos mestrados profissionais em rede nacional recebem bolsa de estudos. A nossa intenção é ampliar ainda mais esse número”.

Em 2017, o investimento global da Capes em bolsas de estudo será de R$ 3.976.221.281. Desse valor, R$ 2.553.646.083 são para investimentos em bolsas no país, R$ 227.577.399 para investimentos no exterior, R$ 407.004.471 para o pagamento de bolsas dos remanescentes no programa Ciência sem Fronteiras (CsF) e R$ 787.993.328 para pagamento das bolsas de formação e formação continuada de professores da educação básica.

Proeb – Por meio do Programa de Mestrado Profissional para Qualificação de Professores da Educação Básica (Proeb), a Capes oferece a educadores da rede pública vários cursos de mestrado profissional, em rede nacional, nos formatos presencial ou semipresencial. Esses cursos visam não só aprimorar o currículo acadêmico do professor, mas também contribuir para a melhoria do ensino nas escolas brasileiras.

Coordenado pela Diretoria de Educação a Distância da Capes, o Proeb possui atualmente cursos nas áreas de matemática (ProfMat); letras (ProfLetras); ensino de física (ProFis); artes (ProfArtes); história (ProfHistória); educação física (ProEF); química (ProfQui); filosofia (Prof-Filo); e biologia (ProfBio). Também são ofertados, neste mesmo formato, os cursos de administração pública (ProfiAP); gestão e regulação de recursos hídricos (ProfÁgua) e ensino de ciências ambientais (ProfCiamb).

O ProfMat é resultado de uma parceria entre a Universidade Aberta do Brasil (UAB) e instituições públicas de ensino de várias regiões do país. Para 2018, o programa espera preencher 1.785 vagas. O ProfLetras, coordenado pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), em parceria com 42 universidades públicas, espera ocupar, no próximo ano, 843 vagas em diversas localidades do Brasil. Já o ProfHistória, organizado pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), também mobiliza outras 27 instituições de ensino e oferece 467 vagas em todo o Brasil.

Profic – Para 2018, a Capes prepara uma reformulação no Plano Nacional de Formação de Professores da Educação Básica (Parfor), que passará a chamar-se Programa de Apoio a Formação Inicial e Continuada de Professores da Educação Básica (Profic). Além da oferta de cursos de primeira licenciatura, segunda licenciatura e formação pedagógica, haverá especialização em educação infantil e alfabetização, para professores dos anos iniciais, e em português e matemática, para professores dos anos finais.

Acesse a página do Centro UnB Cerrado

Confira novidades sobre cursos e bolsas de estudo na página da Capes

Reportagem: Carlos Eduardo Cândido
Edição: Alexandre Marino

Leia também:

Profissional de pedagogia organiza métodos de aprendizagem para alunos de todas as idades
Atividade ganha cada vez mais importância quando país tanto depende da educação  
Tempo integral estimula criatividade do professor e novos projetos enriquecem ensino
Histórias de superação e aventuras marcam cotidiano de quem ensina na Amazônia

 

 

X
Fim do conteúdo da página