Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Base Nacional determina alfabetização até o segundo ano do ensino fundamental
Início do conteúdo da página
Erce

Avaliação da qualidade da educação na América Latina ocorre em novembro no Brasil

  • Quarta-feira, 18 de setembro de 2019, 15h40

 Alunos, professores, diretores e familiares participam do estudo em 18 países

Giulliano Fernandes, do Portal MEC

Avaliar a qualidade da educação no Brasil e na América Latina é o objetivo da quarta edição do Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Erce), que será aplicado no Brasil na primeira quinzena de novembro pelo Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep). A avaliação internacional, feita pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), contará com a participação de estudantes do 4º e 7º ano do ensino fundamental, professores, diretores e famílias.

Neste ano, 18 países participam do Erce: Argentina, Bolívia, Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Cuba, El Salvador, Equador, Guatemala, Honduras, México, Nicarágua, Panamá, Paraguai, Peru, República Dominicana e Uruguai.

"O Inep participou da aplicação das provas e questionários nas três edições anteriores do Erce. É uma parceria com Unesco. Nós colaboramos com o fornecimento de insumos, com as análises curriculares, a elaboração de itens para as provas e também com o planejamento logístico e a capacitação de quem aplica as provas no Brasil", explicou Carlos Roberto Pinto de Souza, diretor de Avaliação da Educação Básica do Inep.

No Erce, são aplicadas provas de Leitura, Escrita, Matemática e, para o 7º ano, Ciências da Natureza. Há ainda questionários para professores, diretores e famílias responsáveis pelos estudantes.

De acordo com Clara Machado, pesquisadora tecnológica do Inep, apesar de existirem outras avaliações do tipo, o Erce abrange países que não necessariamente participam do Programa Internacional de Avaliação de Estudantes (Pisa). “O Erce contempla países diferentes que compartilham de um contexto mais próximo do nosso. É também uma etapa diferente. Enquanto o Pisa avalia estudantes de 15 anos, o Erce é focado em séries escolares, no caso, 4º e 7º anos", explicou.

As provas são aplicadas sempre no final do ano letivo de cada país. A análise final dos dados é feita pela Unesco. “O objetivo do Erce é retroalimentar políticas públicas de educação. Com o resultado do Erce, você tem todo o contexto escolar do aluno, da família, dos professores. Os dados fornecidos ajudam a entender todo esse contexto", afirmou Clara Machado.

Contatos - Nesta semana, começaram os contatos com as escolas para confirmar a participação. A adesão das instituições selecionadas para compor a amostra é fundamental para a consolidação de informações de qualidade sobre a educação.

Erce - O Estudo Regional Comparativo e Explicativo (Erce) é uma importante avaliação internacional que a Unesco aplica regularmente, em parceria com o Inep, estudantes da região da América Latina e Caribe desde 1997. O Erce fornece informações sobre o que os estudantes aprendem nos países dessa região.

Realizações do Erce na América Latina:

1997 - 11 países

2006 - 16 países

2013 - 15 países

2019 - 18 países

Saiba mais sobre o Erce no portal do Inep

Com informações do Inep

Assunto(s): Inep , Unesco , Erce
X
Fim do conteúdo da página