Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Coronavírus: saiba quais medidas o MEC já realizou ou estão em andamento
Início do conteúdo da página
Ebserh

Estudantes se voluntariam em hospital universitário do RJ para enfrentar o coronavírus

  • Quarta-feira, 25 de março de 2020, 10h18

Alunos dos cursos de saúde estão autorizados pelo MEC a fazer estágio em hospitais


"Atuar num cenário de pandemia pode me preparar para uma situação similar no futuro e ajudar a população do meu país a lidar com isso". A frase é de Gabriel Biroca, aluno do 12º período da Escola de Medicina e Cirurgia (EMC) da Universidade Federal do Estado do Rio de Janeiro (Unirio), que tem como campo de prática o Hospital Universitário Gaffrée e Guinle (UFGG, vinculado à Rede Ebserh. Gabriel se inscreveu como voluntário para o enfrentamento à pandemia causada pelo novo coronavírus.

O credenciamento de voluntários foi lançado pela Secretaria de Estado de Saúde do Rio de Janeiro por meio de um formulário eletrônico em que estudantes e profissionais da saúde podem se cadastrar para atuar em unidades médicas durante a pandemia.

"Acadêmicos de medicina, especialmente os dos últimos anos do curso, são profissionais da saúde que exercem sua atividade de forma supervisionada. Realizamos consultas, procedimentos, avaliações e orientações para pacientes. Temos inúmeras funções dentro dos hospitais universitários. Constituímos uma força de trabalho importante no Sistema Único de Saúde", disse Gabriel.

Para a diretora da EMC, Maria Marta Tortori o voluntariado é uma troca de experiências de diferentes dimensões. "Ao ver nossos discentes se candidatando, se voluntariando, tenho uma enorme crença no médico que formamos, além de esperança para o futuro", afirmou.

Portaria do MEC - Estudantes universitários dos cursos de saúde estão autorizados pelo Ministério da Educação (MEC) a fazer estágio em hospitais. A iniciativa tem o objetivo de auxiliar no combate ao novo coronavírus. A medida foi publicada em portaria na edição extra do Diário Oficial da União (DOU) de 20 de março.

A medida do MEC vale para alunos de medicina que cursam os últimos dois anos da graduação e para estudantes de enfermagem, farmácia e fisioterapia que estão no último ano do curso. A permissão é temporaria e vigirá enquanto durar a emergência em saúde pública.

Assessoria de Comunicação Social, com informações da Ebserh

 

X
Fim do conteúdo da página