Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estudantes usam experiências das aulas para ajudar no tratamento de crianças
Início do conteúdo da página
  • Lula inaugura campus no DF

    O presidente Lula, o ministro Haddad, o governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, e o reitor do instituto federal de Brasília, Garabed Kenchian, inauguram o campus. (Foto: Júlio César Paes)Ao inaugurar o primeiro campus do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Brasília, em Planaltina, Distrito Federal, o presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, disse que os recursos da educação estão reservados. “Não há crise que possa nos fazer tirar um centavo da educação”, afirmou.

     

    Este ano, o Ministério da Educação vai inaugurar cem escolas técnicas, como parte da expansão da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, iniciada há quatro anos. Até 2010, outras 39 serão abertas. Do total previsto, 75 já estão funcionando.

     

    Lula disse que um milhão de jovens podem cursar gratuitamente a educação superior. Isso será possível com 500 mil bolsas do Programa Educação para Todos (ProUni), 227 mil vagas da expansão das universidades federais (até 2011, esse número subirá para 600 mil) e 150 mil vagas na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica, número que será alcançado em 2010, quando se completará a expansão.



    Estudantes do instituto federal de Brasília comemoram a abertura de mais vagas e de novos cursos. (Foto: Júlio César Paes)O compromisso do presidente de manter intactas as verbas da educação e concluir as escolas técnicas e os campi universitários tem o objetivo de oferecer educação de qualidade a todos os cidadãos. Segundo Lula, a educação será boa e respeitada “quando o filho da patroa e o filho da empregada, o filho do empresário e o filho do operário estudarem na mesma escola”. O desafio, portanto, de acordo com o presidente, será superar, com investimentos, a situação de hoje.

     

    O ministro da Educação, Fernando Haddad, lembrou que o governo do presidente Lula não cuida só da educação profissional e superior, mas investe na educação básica e apóia estados e municípios. Segundo o ministro, o governo federal tem um programa que vê a educação em conjunto, apóia e investe da creche à pós-graduação. Ele destacou que a interiorização da educação superior vem para atender não só os jovens que precisam de formação e profissão. Mas, especialmente, os professores da educação básica que lecionam nas redes estaduais e municipais.

     

    Em 2003, apenas 90 municípios, entre eles as capitais, tinham universidades públicas. Até 2010, segundo Haddad, 190 terão acesso direto às instituições públicas. O caso do Distrito Federal é um exemplo. Hoje, a Universidade de Brasília tem sede no Plano Piloto e campi em Planaltina, Ceilândia e Gama.

     

    Ionice Lorenzoni

    Republicada com correção de conteúdo.

     

    Leia mais...
    Planaltina ganha campus do instituto federal de Brasília

    Confira a Lei nº 11.892, de 29 de dezembro de 2008, que cria os institutos federais de educação 

Fim do conteúdo da página