Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Renovação de contrato pode ser feita até o dia 30 de abril

    Os beneficiários do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm novo prazo para fazer renovação do contrato. Agora, até 30 de abril próximo. O prazo anterior expirou em 31 de dezembro último.

    A prorrogação abrange a renovação semestral de contratos de financiamento formalizados a partir de janeiro de 2010, referentes aos aditamentos do segundo semestre daquele ano até o segundo semestre de 2013. As renovações relativas ao primeiro semestre de 2014 devem ser feitas no mesmo prazo.

    Os estudantes devem efetuar a renovação semestral no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Mais informações na página do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) e na central de atendimento do FNDE, pelo telefone 0800-616161.

    O prazo de renovação dos contratos foi prorrogado pela Portaria do FNDE nº 604, de 23 de dezembro de 2013, publicada no Diário Oficial da União de 24 de dezembro de 2013. 

    Assessoria de Imprensa do FNDE



     

  • Prazo para escolha de livros é prorrogado para quarta, 6



    Professores, diretores e coordenadores educacionais das redes públicas de ensino que ainda não escolheram os livros didáticos a serem utilizados pelos alunos do ensino médio a partir do próximo ano letivo têm mais uma chance para fazê-lo: o prazo foi prorrogado para a próxima quarta-feira, 6. Para facilitar o processo, foi lançado o Guia de Livros Didáticos 2018, que oferece acesso à lista completa de obras sugeridas. No guia, o professor terá acesso a resenhas e informações das coleções aprovadas.

    Nesta edição do Programa Nacional do Livro Didático (PNLD), serão selecionadas obras destinadas a estudantes e professores do ensino médio nas áreas de arte, biologia, filosofia, física, geografia, história, língua estrangeira moderna (inglês e espanhol), língua portuguesa, matemática, química e sociologia.

    “Com esta decisão do professor, vamos fazer um cruzamento com os dados do censo e adquirir os livros das editoras para atender as escolas”, explica o coordenador-geral do PNLD, Wilson Troque. Posteriormente, informa ele, os Correios farão as entregas às escolas. Atualmente, cerca de 90% dos municípios brasileiros aderiram ao PNLD. Em 2018, o programa vai beneficiar cerca de 7 milhões de estudantes do ensino médio.

    “O programa do livro didático é altamente democrático e o maior do mundo, pois permite ao professor escolher os livros mais adequados à realidade da sua escola e à sua proposta didática”, avalia Troque. Ele ressalta, no entanto, a necessidade de o educador observar a imparcialidade no momento da escolha, assim como procurar fazê-la “em comum acordo com os colegas”.

    O registro da escolha deverá ser feito pelo diretor da instituição de ensino no Sistema PDDE Interativo. Caso algum diretor não tenha acesso ao sistema, deve entrar em contato com a secretaria de educação do seu estado e solicitá-lo. Como regra básica, devem ser selecionadas duas opções de coleções de cada componente curricular, de editoras diferentes. Caso não seja possível a aquisição dos livros da primeira opção, serão negociadas as obras da segunda opção.

    Acesse o Guia de Livros Didáticos e o Sistema PDDE Interativo.  

    Assessoria de Comunicação Social

  • Aberto prazo para renovação de financiamento estudantil contratado até dezembro de 2017

    Estudantes que aderiram ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) até 31 de dezembro de 2017 já podem renovar seus contratos por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies). O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, informa que o prazo ficará aberto até 31 de outubro. Já para requerer transferência de curso ou instituição ou solicitar dilatação do financiamento, a data-limite é 30 de setembro.

    Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre.  O pedido de aditamento é inicialmente feito pelas instituições de ensino, para depois as informações serem validadas pelos estudantes no SisFies. Neste semestre, cerca de 890 mil contratos devem ser renovados.

    Caso o aditamento tenha alguma alteração nas cláusulas do contrato, o estudante precisa levar a nova documentação ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa Econômica) para finalizar a renovação. Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Fies – Estudantes que ingressaram no Fies a partir de 2018 já entraram em um novo sistema, pelo qual o programa está dividido em várias modalidades diferentes que oferecem condições a quem mais precisa e uma escala de financiamentos que varia para cada candidato.

    A Lei nº 13.530, de 7 de dezembro de 2017, atribuiu à Caixa Econômica Federal a função de agente operador do Fies. Sendo assim, os aditamentos de contratos firmados em 2018 seguirão cronograma a ser divulgado pela Caixa.

    Clique aqui para obter mais informações sobre o Fies.

    Assessoria de Comunicação Social

     

  • Contratos do Fies devem ser renovados até 31 de maio

    Conforme determinação do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), dia 31 de maio é o último dia para fazer a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) no primeiro semestre deste ano. O prazo de aditamento, anteriormente fixado em 30 de abril, foi estendido para que nenhum estudante seja prejudicado.

     “Todos os estudantes com contratos do Fies terão a oportunidade de renovar seus financiamentos”, afirma o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, lembrando que o aditamento dever ser feito no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Cerca de 1,28 milhão de contratos devem ser aditados neste semestre.

    O normativo também estende para 31 de maio o período para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento.

    Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies.

    No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato – como mudança de fiador, por exemplo –, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

  • Definido novo prazo para renovação de contratos, que pode ser feita até o dia 30 de dezembro

     

    O prazo para fazer a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste segundo semestre foi prorrogado para 30 de dezembro. Até agora, cerca de 1,2 milhão de estudantes realizaram o aditamento. A previsão é de que, ao final desse prazo, aproximadamente 1,5 milhão de contratos estejam devidamente renovados, envolvendo um investimento do Governo Federal da ordem de R$ 8,6 bilhões.

    A portaria que estende o prazo será publicada nesta terça-feira, 13, no Diário Oficial da União (DOU). O normativo também autoriza os agentes financeiros do Fies a receber até 29 de dezembro os documentos de regularidade de matrícula (DRMs) emitidos a partir do dia 25 de novembro último e que estejam com o prazo de comparecimento ao banco expirado.

    Agente operador do Fies, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) decidiu estender o prazo de aditamento e prorrogar a validade dos DRMs para que nenhum estudante seja prejudicado. “Queremos tranquilizar os estudantes e dizer que todos terão a oportunidade de renovar seus financiamentos”, garante o presidente do FNDE, Gastão Vieira. “Até esta segunda-feira, mais de 1,2 milhão de contratos já tinham sido aditados. Portanto, até dia 30 de dezembro certamente todos os contratos serão validados”.

    O período inicial para a renovação de contratos do Fies terminaria no dia 31 de outubro, mas o FNDE resolveu prorrogar para 15 de dezembro para que todos os estudantes pudessem fazer o aditamento. Agora, esse prazo foi novamente estendido.

    Pelas previsões, até o fim do ano, aproximadamente 1,5 milhão de contratos serão renovados, com investimento de R$ 8,6 bilhões (foto: Isabelle Araújo/MEC)Os contratos do Fies precisam ser renovados todo semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa ainda levar a documentação comprovatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Para o ano de 2017, o governo federal já enviou ao Congresso Nacional o Projeto de Lei Orçamentária contemplando recursos da ordem de R$ 21 bilhões para o Fies, o que garantirá a continuidade dos financiamentos e a manutenção dos contratos com os agentes financeiros do fundo.

    Assessoria de Comunicação Social do FNDE 

  • Estudante tem prazo até 30 de junho para renovar o contrato

    Alunos de cursos de graduação em instituições particulares de ensino podem pedir o financiamento em qualquer etapa do curso e em qualquer mês (foto Wanderley Pessoa)O prazo de aditamento (renovação) dos contratos do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) está aberto a partir desta segunda-feira, 23, e se estenderá até 30 de junho. A revisão dos contratos é necessária a cada seis meses. O procedimento foi simplificado.

    A partir de agora, o estudante financiado deve acessar a página eletrônica do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), no Portal do Ministério da Educação ou do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), e conferir e confirmar dados pessoais, dos fiadores, valores das parcelas, entre outros itens. Para isso, deve utilizar o CPF e a senha já cadastrados no sistema.

    O estudante que contratou o financiamento com garantia do Fundo de Garantia de Operações de Crédito Educativo (Fgeduc) terá o aditamento, assim que concluído no sistema, enviado imediatamente de forma eletrônica para validação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). A comissão analisa e valida informações e procedimentos exigidos pelas normas do fundo, nas etapas de inscrição do estudante, contratação e aditamentos. Constituída nos locais de oferta nas sedes e campi das instituições de ensino, a CPSA é integrada por estudantes, professores e representantes da administração da instituição. Após a validação do processo, o sistema encaminha o arquivo eletrônico à instituição financeira. “Um dos ganhos de celeridade do processo é que, no mesmo dia, será confirmado o aditamento entre os agentes envolvidos”, afirma o diretor financeiro do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Antônio Corrêa Neto.

    Os demais contratos, com fiança convencional e solidária, firmados na modalidade simplificado terão a mesma agilidade. Nesse caso, o estudante segue o procedimento sem precisar comparecer ao banco. Sua presença será exigida somente em caso de contratos aditados na modalidade não simplificado — esse tipo de renovação decorre de alterações nas cláusulas contratuais do financiamento. “O importante é que o estudante inicia o aditamento verificando e confirmando os dados cadastrais no programa e acompanha a evolução do financiamento”, complementa Corrêa Neto.

    Pedido
    — Os estudantes podem pedir o financiamento em qualquer etapa do curso e em qualquer mês. Têm direito ao benefício aqueles matriculados em cursos de graduação com avaliação positiva no Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes), oferecidos por instituição de educação superior particular participante do Fies. Outro requisito é a participação do estudante no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem).

    O pedido de financiamento é restrito a um único curso de graduação, no qual o estudante esteja regularmente matriculado — o estudante não pode estar com a matrícula trancada.

    Desde que as inscrições foram abertas em 31 de janeiro deste ano, 48.324 contratos foram firmados. Cerca de 22 mil estudantes estão em fase de contratação do financiamento. Juros anuais de 3,4% e mais prazo para quitação do financiamento, além da criação do (Fgeduc), fazem parte das regras que desburocratizaram o Fies em 2010. O Banco do Brasil e a Caixa Econômica Federal são os agentes financeiros.

    Para fazer a renovação, o estudante dever ter acesso ao Sistema Informatizado do Fies (SisFies). É necessário informar o CPF e a senha já cadastrados no sistema. A partir daí, conferir e confirmar dados pessoais, dos fiadores e valores das parcelas, entre outros itens.


    Adriane Cunha
  • Estudantes terão até 16 de junho para fazer a renovação do contrato com o Fies 2017


    Foi prorrogado para 16 de junho o prazo para fazer a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao primeiro semestre de 2017. O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, decidiu estender o período para que nenhum candidato seja prejudicado. Até então, a data limite para realizar o aditamento era esta quarta-feira, 31 de maio.

    Cerca de 1,28 milhão de contratos devem ser aditados neste semestre. Até a manhã desta quarta-feira, já foram formalizadas mais de 1 milhão de renovações. O presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, reforça o compromisso da autarquia com os estudantes que possuem contratos do Fies. “Todos terão a oportunidade de renovar seus financiamentos”, afirma o presidente, lembrando que o aditamento dever ser feito no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no SisFies.Estudantes terão prazo maior para validar as informações enviadas ao Sistema Informatizado do Fies pelas faculdades (Foto: Mariana Leal/MEC)

    No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato – como mudança de fiador, entre outros requisitos –, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

  • Prazo para renovação de contratos do Fies encerra na próxima sexta-feira, 16

    Termina nessa sexta-feira, 16, o prazo para a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) referente ao primeiro semestre de 2017. O prazo começou em 16 de janeiro e foi estendido pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC, para que nenhum candidato fosse prejudicado.

    A renovação dos contratos deve ser feita semestralmente. O pedido de aditamento é feito, inicialmente, pelas faculdades, por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFIES), e mediante solicitação da Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA). Em seguida, as informações são confirmadas eletronicamente pelo estudante beneficiado.

    O aditamento dos contratos deve ser feito a cada semestre (Arte: ACS/MEC)

    No caso de renovação simplificada, sua formalização ocorre a partir da validação no sistema. Já pela não simplificada, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar o processo.

    Financiamento – O Fies é uma iniciativa do Ministério da Educação destinada a alunos matriculados em instituições privadas de ensino superior. Atualmente, mais de dois milhões de jovens e adultos que não têm condições de pagar a faculdade são beneficiados pelo programa, que oferece uma taxa de juros efetiva de 6,5% ao ano.

    Assessoria de Comunicação Social 

  • Prazo para renovação de contratos do Fies vai até 31 de outubro

    O Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) abriu nesta segunda-feira, 14, o prazo para a renovação dos contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). Os estudantes devem efetivar o aditamento de seus financiamentos até o dia 31 de outubro, pelo Sistema Informatizado do Fies (SisFies). A transferência de curso ou instituição de ensino e o pedido de dilatação do financiamento devem ser feitos até 30 de setembro.

    O presidente do FNDE, Silvio Pinheiro, reitera a importância dos aditamentos. “Quando o estudante efetiva a renovação, o FNDE pode iniciar o pagamento dos encargos educacionais às faculdades”. Pinheiro também faz um apelo aos estudantes, para que renovem os contratos com antecedência. “O prazo para fazer a renovação é longo, mas é importante que os estudantes realizem os aditamentos o quanto antes, para evitar problemas no fim do período”.

    Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento é feito inicialmente pelas instituições de ensino e, em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas faculdades no SisFies.

    No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador, por exemplo, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro (Banco do Brasil ou Caixa) para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Clique aqui para acessar o SisFies.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

  • Prazo para renovação de contratos é prorrogado para 30 de novembro

    Boa notícia para os estudantes que ainda não concluíram a renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies): o prazo do segundo semestre de 2017 foi prorrogado para 30 de novembro. Adotada pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação, a medida tem como finalidade permitir que todos os alunos beneficiados pelo Fies possam fazer o aditamento.

    “É importante que os estudantes realizem suas renovações de contrato até o dia 30, pois esta será a última prorrogação do ano”, adverte o presidente do FNDE, Silvio Pinheiro. Anteriormente estabelecido em 31 de outubro, esse prazo foi estendido para 20 de novembro e, agora, representa a última chance para os interessados em garantir a continuidade do financiamento.

    Do total de 1,28 milhões de contratos previstos para este semestre, 1.067.568 alunos já haviam feito o aditamento até a última sexta-feira. Isso representa 83% do montante oferecido pelo FNDE.

    Renovação – Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre. O pedido de aditamento deve ser feito, inicialmente, pelas faculdades, cabendo aos estudantes validar as informações junto ao Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir do momento em que o estudante faz a validação no sistema. Já no aditamento não simplificado – quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador –, o estudante precisa levar toda a documentação comprobatória ao agente financeiro.

    Veja aqui a portaria do Diário Oficial da União, publicada nesta terça, 21, sobre a prorrogação do prazo. 

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

  • Prazo para renovar contrato é prorrogado até 31 de dezembro

    Estudantes da educação superior atendidos pelo Fies têm novo prazo para renovação do contrato (foto: Fabiana Carvalho)O prazo para a renovação de contratos do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) foi prorrogado até 31 de dezembro próximo. A Resolução nº 6/2011 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) autoriza a medida para aditamentos (renovações) simplificados e não simplificados do segundo semestre de 2010 e do primeiro semestre deste ano.

    A prorrogação do prazo vale para os contratos firmados a partir da publicação da Lei nº 12.202, de 14 de janeiro de 2010.

    Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies). Nos aditamentos simplificados — o estudante apenas atualiza os dados pessoais e o valor da semestralidade, sem impacto no valor total do contrato —, basta ao beneficiário entrar no sistema e fazer a alteração. As atualizações são analisadas pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino. Após a validação da CPSA, o aditamento é processado.

    Quando há alterações mais profundas no contrato — troca ou alteração na renda do fiador, mudança no estado civil do estudante ou impacto no valor global —, o aditamento é considerado pelo SisFies como não simplificado. Nesse caso, o próprio sistema gera um documento, a ser levado ao banco para que a renovação seja feita.

    A Resolução nº 6/2011 do FNDE foi publicada no Diário Oficial da União desta segunda-feira, 31, seção 1, página 12.

    Assessoria de Comunicação Social
  • Prazo para renovar contratos termina nesta quinta-feira, 30

    Estudantes que ainda não concluíram a renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) têm nesta quinta, 30, o último dia para fazer o aditamento referente ao segundo semestre de 2017. O Fies tem como agente operador o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

    Esta quinta-feira também é o último dia para a realização de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e de solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento.

    Até agora, do montante de 1,28 milhão de contratos previstos para este semestre, 1,087 milhão de estudantes já realizaram o aditamento do segundo semestre de 2017, o que corresponde a aproximadamente 85% do total previsto.

    Aditamentos – O pedido de aditamento deve ser feito, inicialmente, pelas faculdades, cabendo aos estudantes validar as informações junto ao Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    Nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir do momento em que o estudante faz a validação no sistema. Já no aditamento não simplificado – quando há alteração nas cláusulas do contrato, como mudança de fiador –, o estudante precisa levar toda a documentação comprobatória ao agente financeiro.

    Reveja aqui todas as informações sobre o processo de aditamento.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE 

  • Prorrogado o prazo para renovação dos contratos do Fies


    O MEC prorrogou até 31 de maio o prazo de renovação dos contratos junto ao Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) para o primeiro semestre de 2017. A mudança, que objetiva ampliar o tempo para que os interessados não percam o benefício, foi publicada por meio de portaria do Diário Oficial da União (DOU) desta sexta-feira, 28.

    O aditamento teve início em 16 de janeiro, logo após as instituições de ensino superior privadas inserirem os dados cadastrais do aluno no Sistema Informatizado do Fies (SisFies). A expectativa é atender aproximadamente 1,3 milhão de jovens e adultos que tiveram os contratos formalizados até o final de 2016, com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), autarquia vinculada ao MEC.

    Modelos – Para que o financiamento continue em vigor, sua renovação é obrigatória semestralmente, obedecendo às regras estabelecidas pelo MEC. A renovação pode ser feita a partir de dois modelos: o simplificado – caso não seja necessário alterar nenhuma informação inicial, bastando apenas a validação no SisFies – e o não simplificado, quando houver alterações nas cláusulas do acordo firmado.

    Ainda de acordo com portaria publicada no DOU, também foram prorrogados para 31 de maio o período de transferência integral de curso ou de instituição de ensino e a solicitação de dilatação do prazo de utilização do financiamento referente ao primeiro semestre de 2017.

    Fies – Atualmente, o Fies beneficia mais de 2 milhões de jovens e adultos que não têm condições de pagar a faculdade, oferecendo uma taxa de juros de 6,5% ao ano, abaixo da cobrada no mercado. O valor subsidiado é calculado também em cima da renda familiar do estudante, que começa a pagar a dívida somente depois de formado.

    Os aditamentos de que trata esta portaria deverão ser feitos por meio do SisFies.

    Assessoria de Comunicação Social

     

  • Renovação de contrato poderá ser feita até 31 de outubro

    Os estudantes atendidos pelo financiamento estudantil devem renovar o contrato a cada semestre (foto: arquivo MEC-ACS)O prazo para a renovação de contratos novos do Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies) foi prorrogado até 31 de outubro de 2011. Publicada nesta sexta-feira, a Resolução nº 4/2011 do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) autoriza a medida para os aditamentos (renovações) simplificados e não simplificados do segundo semestre de 2010 e do primeiro semestre deste ano.

    “Essa prorrogação do prazo vale apenas para os contratos firmados depois da Lei nº 12.202, de 14 de janeiro de 2010”, afirma o diretor financeiro do FNDE, Antônio Corrêa Neto. “A renovação deve ser feita por meio do Sistema Informatizado do Fies (SisFies), disponível nas páginas eletrônicas do Ministério da Educação e do FNDE.”

    A resolução também define o prazo de 3 de outubro a 31 de dezembrode 2011 para o aditamento do segundo semestre de 2011, relativo aos contratos novos, celebrados a partir da publicação da Lei nº 12.202/2010.

    Os contratos do Fies devem ser renovados semestralmente. Nos aditamentos simplificados, em que os alunos apenas atualizam os dados pessoais e o valor da semestralidade, sem impacto no valor total do contrato, basta entrar no sistema e fazer a alteração. As atualizações são analisadas pela Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento (CPSA) da instituição de ensino. Após a validação da CPSA, o aditamento é processado.

    Quando há alterações mais profundas no contrato — como troca ou alteração na renda do fiador, mudança no estado civil do estudante ou impacto no valor global —, o aditamento é considerado pelo sistema como não simplificado. Nesse caso, o próprio sistema gera um documento, a ser levado ao banco para que o aditamento seja realizado.

    A Resolução nº 4/2011 do FNDE foi publicada no Diário Oficial da União desta sexta-feira, 16, seção 1, página 20.

    Assessoria de Comunicação Social do FNDE
  • Termina nesta quarta, dia 31, o prazo para aditamento do Fies

    Os estudantes que ainda não concluíram a renovação do contrato do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) devem ficar atentos, pois o prazo termina nesta quarta-feira, 31. Até o final da tarde da segunda-feira, 29, 1.051.220 alunos já haviam concluído o aditamento, o que corresponde a cerca de 83% de 1,28 milhão de contratos previstos para este semestre.

    “Nós prorrogamos o prazo de aditamentos do Fies este semestre para garantir que todos os estudantes tivessem tempo suficiente para realizar o procedimento”, explicou o presidente do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), Silvio Pinheiro, alertando aos estudantes que se apressem para não perder o prazo. Os contratos do Fies devem ser renovados a cada semestre e o pedido de aditamento é feito inicialmente pelas faculdades. Em seguida, os estudantes devem validar as informações inseridas pelas instituições no Sistema Informatizado do Fies (SisFies).

    No caso de aditamento não simplificado, quando há alteração nas cláusulas do contrato – como mudança de fiador, por exemplo –, o estudante precisa levar a documentação comprobatória ao agente financeiro para finalizar a renovação. Já nos aditamentos simplificados, a renovação é formalizada a partir da validação do estudante no sistema.

    Além de renovar os contratos vigentes, também será possível, até essa data, fazer a transferência integral de curso ou de instituição de ensino, bem como solicitar a dilatação do prazo de utilização do financiamento.

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do FNDE

Fim do conteúdo da página