Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Portal oferece informações e serviços a professores e alunos

    O conteúdo oferecido pelo Canal Ciência inclui banco de pesquisas científicas, galeria de pesquisadores, museus e centros de ciências (foto: Fátima Schenini)Rio de Janeiro — O Canal Ciência, portal de divulgação científica e tecnológica do Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia (Ibict), esteve representado na Tenda da Ciência, montada no Planetário da Gávea, no Rio de Janeiro, durante a edição deste ano da Semana Nacional de Ciência e Tecnologia. Criado em 2002, o Canal Ciência reúne e oferece produtos e serviços de informação em educação e divulgação científica e divulga resultados relevantes de pesquisas científicas brasileiras.

    Os visitantes puderam conferir o conteúdo oferecido pelo portal, que inclui banco de pesquisas científicas, galeria de pesquisadores — cientistas brasileiros notáveis —, museus e centros de ciências. Há 75 registros, que incluem entidades tão diferentes como o Bosque da Ciência, do Instituto Nacional de Pesquisas da Amazônia, em Manaus; a Fundação Museu Homem Americano, sociedade civil com sede em São Raimundo Nonato (PI), e o Museu Antártico da Universidade Federal de Rio Grande, em Rio Grande (RS). Blogues, revistas, livros e coleções sobre divulgação e popularização da ciência, além de projetos educacionais e material de apoio didático, como cartilhas, apostilas e jogos, também estão disponíveis no Canal Ciência.

    “É uma ferramenta muito importante para o professor”, avalia Tânia Chalub, doutora e pós-doutora em ciência da informação, integrante da equipe do portal. Segundo Tânia, que faz pesquisa sobre acessos ao Canal Ciência, ele é usado tanto por alunos da educação básica quanto por universitários de todas as regiões brasileiras e também de outros países. O portal, de acordo com a professora, deveria ser mais conhecido pela população para, consequentemente, ser mais bem aproveitado.

    “O Canal Ciência aproveita eventos como a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia para se mostrar a professores e alunos”, destaca Bruno Nathansohnn, mestre em ciência da informação. Ele desenvolve trabalho no portal como assistente de pesquisa, oferece suporte técnico e de conteúdo. “O grande trabalho é buscar novos nomes e pesquisar o que colocar no portal”, diz. Bruno ressalta a importância das fontes de informações, que devem ser fidedignas.

    Fátima Schenini

    Saiba mais no Jornal do Professor
Fim do conteúdo da página