Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Enem 2019 terá o cronograma mantido, afirma presidente do Instituto responsável por exame

    O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019 terá o cronograma mantido. A afirmação é do novo presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, em entrevista, nesta sexta-feira, 17, à TV MEC e ao Portal MEC. A instituição é responsável pela prova.

    “Os mais de 5 milhões de estudantes que se inscreveram no Enem podem ficar tranquilos. O cronograma está mantido. Tanto Inep quanto MEC (Ministério da Educação) vão trabalhar juntos para que tudo ocorra com tranquilidade”, disse.

    Lopes é servidor público da carreira de analista de comércio exterior desde 1999. Graduado em engenharia química pela Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) e em direito pela Universidade de Brasília (UnB).

    O novo presidente do Inep já exerceu diversas funções na administração pública como, por exemplo, secretário de Gestão Administrativa e Desburocratização, e subsecretário de Políticas Públicas do Governo do Distrito Federal.

    “Quero trazer essa experiência de gestão em vários órgãos para o Inep para que a gente consiga cumprir nossa missão institucional com sucesso”, destacou.

    Ele sucede o delegado Elmer Coelho Vicenzi no cargo. O antigo ocupante ficou 24 dias à frente do Instituto e saiu, a pedido, nesta quinta-feira, 16.

    Encceja – Sobre o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), Lopes ressaltou o início das inscrições na segunda-feira, 20.

    “O Encceja é muito importante para aquelas pessoas que não conseguiram concluir os estudos no tempo correto. O cronograma também está mantido e esperamos que tenha uma grande participação da sociedade”, espera.

    O novo presidente do Inep, Alexandre Lopes, em entrevista à TV MEC e ao Portal MEC (Foto: Luís Fortes/MEC)

    O prazo para as inscrições encerra no dia 31 de maio e o cadastro é gratuito, pela internet, no Sistema Encceja.

    No Brasil e no exterior, os candidatos visam obter certificação no nível de conclusão do ensino fundamental, que exige, no mínimo, 15 anos; e ensino médio, que requer 18 anos completos até o dia de aplicação da prova. O edital para provas fora do Brasil será lançado posteriormente.

    As provas serão aplicadas em 25 de agosto, nos turnos da manhã e tarde, em 611 municípios brasileiros. Quem se inscreveu em 2018 e não fez a prova terá outra chance este ano, basta selecionar o motivo da ausência no processo de inscrição.

    Confira o passo a passo da inscrição no Enem

    Assista à versão em Libras do passo a passo da inscrição

    Inscreva-se pela página do participante

    Confira o edital do Encceja

    Assessoria de Comunicação Social

  • Preparação para o Enem mobiliza quase 400 mil pessoas

    A 45 dias do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) 2019, cerca de 400 mil pessoas trabalham na preparação para as datas da prova — 3 e 10 de novembro. São mais de 5 milhões de inscritos, 10.134 locais de aplicação em 1.727 municípios espalhados pelas 27 unidades da Federação.

    O ministro da Educação, Abraham Weintraub, aproveitou a coletiva de imprensa sobre Censo da Educação Superior nesta quinta-feira, 19 de setembro, para assegurar que o processo corre sem problemas. “Faltam 45 dias para o Enem [...] Tudo está correndo absolutamente normal”, disse.

    O Enem mobiliza e articula mais de 100 grandes parceiros em todo o Brasil para garantir que os participantes prestem o exame, em 147 mil salas de aula de norte a sul do país. A aplicação envolve 385 mil colaboradores, apenas nos dias de provas. Atuam em cada sala um chefe e um fiscal, sem contar fiscais de corredor, coordenadores e assistentes de coordenação de prova.

    O presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, destacou o trabalho das forças de segurança. “Nós temos a presença do Exército brasileiro, Polícia Federal, Polícia Rodoviária Federal, Polícia Militar, Civil e Corpo de Bombeiros de todos os estados e do Distrito Federal. Tudo para garantir a segurança na aplicação da prova”, explicou. Serão movimentados cerca de 17 mil veículos no dia de entrega das provas.

    A complexidade dessa logística é para que todos os malotes com provas cheguem corretamente aos locais de aplicação, garantindo as condições de sigilo e segurança do material. “Nós vamos imprimir este ano cerca de 10 milhões de provas. Serão mais de 300 milhões de páginas impressas, que têm que ser levadas até cada pessoa. Cada prova tem um nome de um candidato. É uma prova individualizada. E a gente tem que fazer essa prova chegar”, ressaltou o presidente do Inep.

    Enem 2019 – O Inep recomenda que o participante imprima o Cartão de Confirmação da Inscrição e a Declaração de Comparecimento (caso precise de comprovante) e leve ambos para a sala do exame. Os portões do local de prova abrirão ao meio-dia (12h), horário oficial de Brasília, e serão fechados às 13h. Para realizar o exame, é necessário levar caneta esferográfica de tinta preta, fabricada com material transparente, a única permitida.

    Acompanhe a página do Participante do Enem 2019

    Leia o edital do Enem 2019

    Veja outras informações do Enem

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Fim do conteúdo da página