Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estados e municípios dispõem de R$ 1,6 bi referentes a janeiro
Início do conteúdo da página
  • A segunda fase do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) começa neste final de semana. Ao todo, 2.295 participantes realizaram as inscrições para esta etapa e farão a avaliação de habilidades clínicas em sete cidades: Brasília (719), Curitiba (240), Fortaleza (242), Florianópolis (239), Porto Alegre (377), São Luiz (237) e São Paulo (241).

    Essa etapa conta com uma estrutura de dez estações, cada uma valendo dez pontos, nas quais, durante um intervalo de tempo determinado, os examinandos deverão realizar tarefas específicas. Serão considerados aprovados os que obtiverem, no mínimo, 56 de 100 pontos. O resultado final está previsto para o final de janeiro de 2017.

    Primeira etapa – Em 11 de setembro, cerca de 6,5 mil inscritos fizeram provas objetivas e discursivas na primeira etapa do Revalida. Foram aprovados 2.308. As inscrições para a segunda etapa ocorreram em outubro com vagas limitadas para cada cidade.

    Revalida – Para atuar como médico no Brasil, o profissional formado em instituições de educação superior estrangeiras precisa revalidar o diploma. O Revalida foi criado para simplificar este processo. Sua implementação está sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).

    Assessoria de Comunicação Social do Inep

    Começa hoje a avaliação de habilidades clínicas do Revalida
    A segunda fase do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Superior Estrangeiras (Revalida) começa neste final de semana. Ao todo, 2.295 participantes realizaram as inscrições para esta etapa e farão a avaliação de habilidades clínicas em sete cidades: Brasília (719), Curitiba (240), Fortaleza (242), Florianópolis (239), Porto Alegre (377), São Luiz (237) e São Paulo (241).
    Essa etapa conta com uma estrutura de dez estações, cada uma valendo dez pontos, nas quais, durante um intervalo de tempo determinado, os examinandos deverão realizar tarefas específicas. Serão considerados aprovados os que obtiverem, no mínimo, 56 de 100 pontos. O resultado final está previsto para o final de janeiro de 2017.
     
    Primeira etapa – Em 11 de setembro, cerca de 6,5 mil inscritos fizeram provas objetivas e discursivas na primeira etapa do Revalida. Foram aprovados 2.308. As inscrições para a segunda etapa ocorreram em outubro com vagas limitadas para cada cidade.
    Revalida – Para atuar como médico no Brasil, o profissional formado em instituições de educação superior estrangeiras precisa revalidar o diploma. O Revalida foi criado para simplificar este processo. Sua implementação está sob a responsabilidade do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep).
  • Participantes do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituições de Educação Estrangeiras (Revalida) de 2016 podem conferir on-line o resultado final da primeira etapa do exame, aplicada em 11 de setembro último. Também estão disponíveis os gabaritos definitivos das provas objetivas e o padrão de respostas das questões discursivas.

    A segunda etapa, prevista anteriormente para 12 e 13 de novembro, foi adiada para 3 e 4 de dezembro. Nela será aplicada a prova de habilidades clínicas. O Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão do MEC responsável pelo Revalida, enviará mensagens eletrônicas (e-mail) aos participantes com orientações sobre o acesso ao sistema de inscrições.

    Nesta segunda etapa, o participante pode escolher o local onde fará a prova de habilidades clínicas, consideradas as opções e o limite de vagas disponíveis para cada localidade, tal como apresentados no sistema de inscrições.

    Na primeira etapa do Revalida de 2016, do total de 6.541 inscritos e 6.162 participantes, foram aprovados 2.304 candidatos. Entre os países de origem do maior número de candidatos aprovados, destacam-se Cuba, com 549, e Bolívia, com 285. Do Brasil, entre os participantes com diplomas expedidos em outros países, foram aprovados 1.092 candidatos.

    Os resultados da primeira etapa devem ser conferidos na página do exame na internet.

    Assessoria de Comunicação Social


  • As provas de habilidades clínicas do Exame Nacional de Revalidação de Diplomas Médicos Expedidos por Instituição de Educação Superior Estrangeira (Revalida) serão realizadas no sábado, 3, e no domingo, 4. Estão aptos a participar 2.304 aprovados na primeira etapa, de questões objetivas, realizada em setembro. As provas de habilidades clínicas serão aplicadas em Brasília, Curitiba, Florianópolis, Fortaleza, Porto Alegre, São Luís e São Paulo.

    Essa segunda fase do exame compreende uma avaliação clínica, com estrutura de dez estações — cada uma vale dez pontos. Os candidatos terão um intervalo de tempo determinado para realizar tarefas específicas. Por questão de segurança, as provas serão filmadas. Os vídeos podem ser usados pelos avaliadores para o esclarecimento de dúvidas.

    Os participantes devem comparecer ao local de provas com antecedência mínima de uma hora e apresentar documento válido de identificação, com foto.

    Para atuar como médico no Brasil, o profissional formado em instituições de educação superior estrangeiras precisa revalidar o diploma. O Revalida foi criado para simplificar esse processo. A operacionalização do exame cabe ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), órgão vinculado ao Ministério da Educação.

    Em caso de dúvidas, elas podem ser esclarecidas pelo endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

    Assessoria de Comunicação Social, com informações do Inep

Fim do conteúdo da página