Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Início do conteúdo da página
  • Começa a ser contado nesta quinta-feira, 2, o prazo para que as instituições de educação superior públicas e gratuitas formalizem sua adesão ao processo seletivo do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) referente ao segundo semestre de 2019. O período segue aberto até as 23h59 do dia 10 de maio.

    Conforme prevê o edital, publicado no Diário Oficial da União no dia 26 de abril, a instituição interessada deverá assinar, de forma eletrônica, o Termo de Adesão, disponível na página do Sisu Gestão na internet. O prazo para a retificação do Termo de Adesão será de 13 de maio até as 23h59 do dia 17 do mesmo mês.

    A seleção dos candidatos às vagas oferecidas por meio do Sisu será feita com base nos resultados obtidos pelos estudantes no Enem 2018. Cabe às instituições divulgar toda a documentação referente ao processo seletivo em suas dependências e páginas eletrônicas.

    Leia o Edital

    Assessoria de Comunicação Social

     

  • O Ministério da Educação vai ofertar 75 mil novas vagas para o Fundo de Financiamento Estudantil (Fies) neste segundo semestre de 2017. O anúncio foi feito pelo ministro Mendonça Filho na manhã desta quinta-feira, 6, em coletiva à imprensa no Palácio do Planalto. “Com essas vagas, nós consagramos a oferta global de 225 mil contratos em 2017 e um total de 300 mil contratos novos ofertados durante a nossa gestão”, celebrou Mendonça Filho.

    As 75 mil novas vagas do Fies abertas para o segundo semestre deste ano permanecem no processo seletivo atual. Podem participar os estudantes com participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) com média das notas igual ou superior a 450 pontos e nota na redação superior a zero. O estudante também precisa ter renda familiar mensal bruta per capita de até três salários mínimos.

    A portaria com o cronograma desta edição do Fies deve ser publicada nesta sexta-feira, 7, quando será aberto o período para emissão dos termos de participação no programa. A divulgação das vagas ofertadas está prevista para ser publicada na página eletrônica do Fies Seleção no dia 24 e as inscrições deverão ser feitas de 25 a 28 de julho. O resultado dos candidatos pré-selecionados para o segundo semestre de 2017 e a abertura da lista de espera ocorrerão no dia 31.

    Os estudantes pré-selecionados para o processo seletivo do Fies referente ao segundo semestre de 2017 deverão concluir a inscrição pelo SisFies no período de 1º de agosto a 8 de setembro. A convocação dos alunos que manifestarem interesse em participar da lista de espera ocorrerá de 1º de agosto a 3 de setembro. O período de inscrições para as vagas remanescentes será aberto em 11 de setembro. Os prazos variam de acordo com a condição do estudante.

    Assessoria de Comunicação Social


  • Quem quiser fazer um dos mais de 40 cursos técnicos do Instituto Federal de Brasília (IFB) tem entre as 8h desta quinta-feira, 21, e as 18h do dia 20 de outubro para se inscrever. São 2.170 vagas para cursos gratuitos, distribuídas entre os nove campi da instituição. Os interessados devem se cadastrar na página do IFB na internet; a seleção será realizada por meio de sorteio eletrônico no dia 5 de dezembro. O resultado será divulgado no dia 12 do mesmo mês.

    São quatro modalidades de cursos. No integrado, o ensino técnico é realizado junto com o ensino médio, no próprio IFB. É voltado para quem já concluiu o ensino fundamental e tem duração média de três anos. Já o integrado-Proeja é destinado a pessoas com mais de 18 anos que concluíram o ensino fundamental, mas não terminaram o ensino médio. A duração também é de três anos.

    Na modalidade concomitante, o estudante faz o curso técnico no IFB e o ensino médio em outra instituição ao mesmo tempo. A duração é de um a três anos. E o técnico subsequente é voltado para quem já concluiu o ensino médio. Nesse caso, os cursos têm duração de um a dois anos.

    As vagas estão distribuídas nos nove campi do IFB no Distrito Federal:  Brasília, Ceilândia, Estrutural, Gama, Planaltina, Riacho Fundo, Samambaia, São Sebastião e Taguatinga. As aulas terão início no primeiro semestre de 2018.

    Quem quiser obter mais informações sobre os cursos e fazer a inscrição pode acessar a página eletrônica do IFB. “No ato da inscrição, a pessoa vai poder assistir a um vídeo sobre o curso do seu interesse e ter acesso às dúvidas mais frequentes”, explica o reitor Wilson Conciani. Ele também orienta que os candidatos visitem o Conecta IF 2017, evento promovido pelo IFB no Centro de Convenções Ulisses Guimarães, em Brasília, que vai até o dia 23. A vantagem, segundo o reitor, é ter a oportunidade de conhecer estudantes e professores do IFB e tirar suas dúvidas em relação aos cursos e à instituição.

    Assessoria de Comunicação Social

  • Encerra-se nesta sexta-feira, 26, o prazo para estudantes interessados em conseguir bolsas do Programa Universidade para Todos (ProUni) candidatarem-se às vagas remanescentes do processo seletivo referente ao segundo semestre. Essa etapa é voltada àqueles que ainda não estão matriculados na instituição de educação superior em que pretendem estudar. Para os alunos já matriculados, o prazo vai até 14 de novembro.

    Podem se inscrever os candidatos que tenham feito o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) de 2015 e alcançado nota mínima de 450 pontos, além de nota superior a zero na redação. Também podem participar do processo seletivo os professores em efetivo exercício do magistério da educação básica integrantes de quadro de pessoal permanente de instituição pública. Eles concorrem exclusivamente a bolsas para cursos de licenciatura. Nesse caso, não é necessário comprovar renda.

    Voltado para estudantes que fizeram o ensino médio em escola pública ou com bolsa integral na rede particular e pessoas com deficiência, o ProUni oferece bolsas de 100% a candidatos com renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa. A bolsa parcial é destinada àqueles com renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

    As inscrições podem ser feitas na página do ProUni na internet.

    Saiba mais sobre o processo seletivo.

    Assessoria de Comunicação Social


  • Inscrição


    A inscrição deve ser feita junto às missões diplomáticas brasileiras ou repartições consulares. A data é definida pelo Ministério das Relações Exteriores.

    Pré–seleção

    Realizada pelas missões diplomáticas brasileiras, que encaminham a relação dos candidatos ao Ministério das Relações Exteriores.

    Nesta etapa, é necessária a apresentação dos seguintes documentos: declaração de compromisso, histórico escolar e declaração de conclusão do nível de ensino correspondente ao ensino médio e comprovante de capacidade econômica dos pais ou responsáveis. Os documentos, com exceção da declaração de compromisso, devem ser autenticados em consulado brasileiro. É necessária a aprovação no Celpe-Bras, para os candidatos ao PEC-G.

    Processo Seletivo

    Os candidatos de países que não aplicam  o CELPE-BRAS, após a Seleção do  PEC-G serão submetidos ao curso de português para estrangeiros e ao exame CELPE-BRAS (apenas uma vez) no  Brasil. A certificação no exame de proficiência em língua portuguesa é condição fundamental para o ingresso na Instituição de Ensino Superior e no Programa de Estudantes-Convênio de Graduação.

    Seleção Final

    A Divisão de Temas Educacionais DCT/MRE e a Coordenação-Geral de Relações Estudantis SESu/MEC, assessoradas por uma comissão indicada pelo Fórum de Pró-Reitores de Graduação das Universidades Brasileiras; Fórum das Assessorias das Universidades Brasileiras para Assuntos Internacionais e Fórum Nacional dos Pró-Reitores de Assuntos Comunitários e Estudantis nos termos da Portaria SESu/MEC Nº 510, de 21 de agosto de 2006, fazem a seleção final, em Brasília. Os resultados são divulgados pelas missões ou representações diplomáticas.
  • A Universidade Federal do Amapá (Unifap) realiza processo seletivo especial para candidatos surdos e ouvintes ao curso de licenciatura plena em letras/libras/português, para ingresso no primeiro semestre deste ano. São 30 vagas para estudantes com ensino médio, sendo 18 vagas para surdos e 12 para ouvintes. As inscrições devem ser feitas até o dia 27 deste mês.

    De acordo com o edital da Unifap, a licenciatura tem a finalidade de formar professores na língua brasileira de sinais (libras), surdos e ouvintes, para lecionar na educação básica e superior. A graduação será ministrada no campus Marco Zero do Equador, em Macapá, no turno da manhã. Para se candidatar à vaga, o aluno precisa ter concluído o ensino médio ou formação equivalente até o prazo final de habilitação para a matrícula.

    A seleção consta de uma prova objetiva com 30 questões de múltipla escolha sobre conhecimentos gerais – linguagem, história e geografia -, e redação de dez a 25 linhas, ambas com caráter eliminatório e classificatório. A prova objetiva e a redação serão aplicadas em 15 de fevereiro, um domingo, das 13h às 17h. O Edital nº 14/2014 está disponível no portal da Unifap.

    Goiás – Já a Universidade Federal de Goiás (UFG) está com inscrições abertas para licenciatura em letras/libras exclusiva para candidatos surdos que tenham concluído o ensino médio. O programa UFGInclui oferece 15 vagas no turno da noite, no campus Goiânia, para ingresso neste semestre. As inscrições podem ser feitas até 22 de janeiro.

    Entre as exigências para concorrer à vaga, o candidato precisa apresentar laudo preenchido por médico da área da deficiência do aluno e, antes das provas, passar por perícia de uma junta médica. O teste objetivo e a redação serão realizados em 8 de fevereiro. A prova objetiva terá 30 questões de múltipla escolha sobre conteúdos de língua portuguesa e literatura brasileira valendo 30 pontos; e a redação valerá 40 pontos.

    No portal da UFG, o candidato encontra o Edital nº 1/2015, e o roteiro da seleção, exigências e datas.

    Ionice Lorenzoni

Fim do conteúdo da página