Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Casa Civil faz consulta pública sobre lei de libras
Início do conteúdo da página
Dialoga Brasil

Plataforma digital recolherá ideias da população para o país

  • Terça-feira, 28 de julho de 2015, 19h02
  • Última atualização em Quinta-feira, 30 de julho de 2015, 19h01

Para o ministro Renato Janine, o diálogo é a base da educação (Foto: Mariana Leal/MEC)“Dialogar, em um país como o nosso, é fundamental”, disse a presidenta da República, Dilma Rousseff, durante a cerimônia de lançamento do Dialoga Brasil, nesta terça-feira, 28, em Brasília. De utilização simples e dinâmica, a plataforma digital tem o objetivo de recolher ideias da população, possibilitando uma interação direta entre a sociedade civil e o governo.

Para o lançamento do Dialoga Brasil, foram selecionados 20 programas de quatro temáticas: educação, saúde, segurança pública e redução da pobreza. Na plataforma digital, depois de se cadastrar, qualquer brasileiro pode propor, votar ou apoiar ideias para as ações do governo federal usando um computador ou dispositivo móvel. As três propostas mais apoiadas na plataforma serão respondidas a partir de novembro.

Participaram da cerimônia os ministros da Educação, Renato Janine Ribeiro; da Justiça, José Eduardo Cardoso; da Saúde, Arthur Chioro; e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Tereza Campello.

Segundo a presidenta, ouvir a sociedade civil é necessário para governar o Brasil. “É muito difícil governar um país do tamanho do Brasil sem perceber que as grandes iniciativas que tivemos até agora vieram quase todas através de momentos de participação popular, de diálogos, de críticas, de comentários sobre a situação do país”, afirmou Dilma.

Para o ministro da Educação, Renato Janine Ribeiro, o diálogo entre as instituições e a sociedade é importante na construção da “pátria educadora”. “Educação é algo que abrange todas as ações do governo, é a ideia de que o país se organiza em função de se qualificar melhor, de evoluir melhor”, disse. “O diálogo é a base da educação e é ele que permite que as pessoas aprendam coisas diferentes, aprendam a argumentar, aprendam a ouvir o outro”, concluiu.

Assessoria de Comunicação Social

Acesse a página do Dialoga Brasil

Assunto(s): Dialoga Brasil
X
Fim do conteúdo da página