Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Cresce inclusão de estudantes com deficiência em sala comum
Início do conteúdo da página
Energias renováveis

IFRN investe em formação e pesquisa em energia eólica

  • Terça-feira, 30 de julho de 2019, 11h47
  • Última atualização em Terça-feira, 30 de julho de 2019, 11h48

Luciano Marques, do Portal MEC

Inaugurado em 28 de junho, o Centro de Tecnologia em Energia Eólica é um ganho para a formação de técnicos e graduados em energia eólica no Instituto Federal do Rio Grande do Norte (IFRN). O objetivo é ofertar especialização técnica e pós-graduação para interessados em atuar na área que trata da energia dos ventos. O Rio Grande do Norte é o estado brasileiro com o maior parque eólico do país: 146 usinas.

“A energia eólica tem previsão de muito crescimento nos próximos anos. Para o Brasil crescer ainda mais na área, será necessário um grupo grande de profissionais qualificados e pesquisas, algo que o centro pode proporcionar”, explica diz Alexandro Vladno, Coordenador Nacional do GT de Energia Eólica do Energif, que também é professor no IFRN.

Além de oferecer cursos de capacitação em diversos níveis, o centro vai promover projetos de pesquisa e extensão sobre a utilização dessa matriz energética que visem atender às demandas da indústria.

“Os institutos federais e as universidades precisam desenvolver pesquisas em prol da sociedade. No caso dos IFs, há mais o desenvolvimento de pesquisas aplicadas, ou seja, as que vão atender demandas mais imediatas da indústria e que refletem diretamente na sociedade”, ressalta Vladno.

A iniciativa é mais um avanço do Programa para Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética na Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (EnergIF), do Ministério da Educação.

X
Fim do conteúdo da página