Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > E-ProInfo bate recorde de acessos
Início do conteúdo da página
Educação superior

Avaliação deve prestigiar quem oferece ensino de qualidade

  • Terça-feira, 19 de maio de 2009, 13h20
  • Última atualização em Terça-feira, 19 de maio de 2009, 13h27
O Enade apresenta tendência de crescimento na participação dos estudantes. No ano passado, foi verificado o maior índice desde a primeira edição, em 2004Prestigiar as instituições de ensino que oferecem educação de qualidade, a partir da consolidação de uma cultura de avaliação, foi uma das ideias defendidas na segunda-feira, dia 18, no ciclo de seminários regionais do Exame Nacional de Desempenho dos Estudantes (Enade) de 2009. Mais de 200 coordenadores de curso e representantes de instituições de educação superior participaram do encontro.

A defesa das instituições que oferecem um serviço qualificado foi feita pela diretora de avaliação da educação superior do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais (Inep), Iguatemy Maria de Lucena Martins. Ela falou sobre o Enade no contexto do Sistema Nacional de Avaliação da Educação Superior (Sinaes). Segundo ela, o desafio é consolidar uma cultura de avaliação na graduação que não seja punitiva para as instituições, mas que sirva para prestigiar aquelas que oferecem educação de qualidade. “Devemos ter padrões mínimos de qualidade, indicadores de diagnósticos, instrumentos e procedimentos para avaliar”, disse. “Desse modo, conseguiremos resultados da qualidade.”

O Inep avalia mais de 27 mil cursos de graduação em todo o país. Segundo Iguatemy, o Enade apresenta tendência de crescimento na participação dos estudantes. “Em 2008, tivemos o maior índice desde a primeira edição, em 2004”, destacou.

Os aspectos legais do exame e os indicadores de qualidade verificados a partir dos resultados também foram debatidos. O coordenador-geral do Enade, Webster Spiguel, destacou a importância dos relatórios produzidos a cada edição. “Todos têm um foco diferente, mas reúnem informações valiosas sobre a participação da instituição, dos cursos e dos alunos”, disse.

Áreas — O encontro foi o primeiro de uma série que se realizará até junho em todas as regiões do país. O Inep espera reunir 2,3 mil instituições com registro de curso nas áreas que serão avaliadas em 2009 pelo Enade — administração, arquivologia, biblioteconomia, ciências contábeis, ciências econômicas, comunicação social, design, direito, estatística, música, psicologia, relações internacionais, secretariado executivo, teatro e turismo; cursos superiores de tecnologia em design de moda, gastronomia, gestão de recursos humanos, gestão de turismo, gestão financeira, marketing e processos gerenciais.

Assessoria de Imprensa do Inep
X
Fim do conteúdo da página