Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Ensino fundamental de escolas rurais terá obras diferenciadas
Início do conteúdo da página
Diversidade

Projeto Escola de Fábrica sofre mudanças

  • Quarta-feira, 20 de abril de 2005, 07h22
  • Última atualização em Quinta-feira, 10 de maio de 2007, 12h10

A Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec/MEC) atualizou, em sua página na internet, o formulário para a apresentação de propostas de instituições gestoras ao Projeto Escola de Fábrica. O projeto quer incluir jovens de baixa renda no mercado de trabalho. A meta é implantar, na primeira fase, 500 escolas dentro de empresas de diferentes segmentos da economia. O investimento do MEC será de R$ 25 milhões.

O perfil do público beneficiado com o projeto também foi ampliado e agora é composto de jovens entre 16 e 24 anos, matriculados na rede pública regular do ensino fundamental ou médio. São também alvo do Escola de Fábrica, estudantes que terminaram a alfabetização no programa Brasil Alfabetizado ou que estejam matriculados ou ingressando na educação de jovens e adultos. Em ambos os casos, as famílias dos jovens devem ter renda inferior a um salário mínimo e meio.

Os prazos para a entrega dos planos de trabalho, do projeto pedagógico e da documentação, pelos gestores, também foram redefinidos. A proposta deve ser enviada, por meio eletrônico, até 29 de abril, e, pelos Correios, até o dia 30. Os resultados dessa etapa serão divulgados até 5 de maio. A fase seguinte, de remessa da proposta pedagógica pela internet, deve ser feita até 19 de maio e, como na etapa anterior, o documento impresso deve ser enviado até o dia 20. Os resultados da avaliação da proposta pedagógica serão divulgados em 27 de maio. Veja tabela de datas.

Propostas - As propostas devem ser remetidas para o endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.. O horário para o envio da versão eletrônica na data-limite para apresentação das propostas é 18h (horário de Brasília). O endereço para a remessa postal é: Projeto Escola de Fábrica, Ministério da Educação, Esplanada dos Ministérios, bloco L, Anexo II, sala 100, CEP 70.047-900, Brasília, DF.

As dúvidas quanto ao envio e preenchimento dos documentos poderão ser encaminhadas à equipe técnica do programa por correio eletrônico, ou pelos telefones (61) 2104-8176 e 2104-8122.

Repórter: Rodrigo Farhat

 

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página