Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Conheça as cinco competências cobradas na redação do Enem
Início do conteúdo da página
Diversidade

Encontro discute dois anos do Bolsa-Família

  • Quarta-feira, 19 de outubro de 2005, 08h54
  • Última atualização em Terça-feira, 15 de maio de 2007, 10h08

O presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, e os ministros da Educação, Fernando Haddad, e do Desenvolvimento Social e Combate à Fome, Patrus Ananias, participam nesta quinta-feira, dia 20, às 9h, da abertura do seminário Bolsa-Família: Dois Anos Superando a Fome e a Pobreza no Brasil, no auditório do Palácio do Itamaraty, em Brasília.

No encontro, que termina na sexta-feira, 21, serão discutidos os resultados alcançados pelo programa e os desafios para seu aperfeiçoamento. Na quinta-feira, às 15h, Haddad faz palestra sobre o tema Desafios para Implementação de Políticas de Transferência Condicionada de Renda.

Especialistas internacionais do Banco Mundial, do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), da Comissão Econômica para América Latina (Cepal) e da Organização das Nações Unidas, dentre outros, debaterão temas relacionados ao maior programa de transferência condicionada de renda do mundo.

Criada em outubro de 2003, a Bolsa-Família atende oito milhões de beneficiários em todos os municípios brasileiros. A meta é chegar a 8,7 milhões de famílias em dezembro e a 11,2 milhões em 2006, o que significa inclusão de toda a população brasileira com renda mensal de até R$ 100,00 por integrante familiar.

Repórter: Flavia Nery

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página