Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Liberados para consulta os resultados da média por escola do ano passado
Início do conteúdo da página
Educação ambiental

Educação ambiental chega a professores e alunos

  • Quinta-feira, 31 de março de 2005, 09h53
  • Última atualização em Terça-feira, 10 de março de 2009, 13h43

O Ministério da Educação, em parceira com o Ministério do Meio Ambiente, pretende lançar em junho próximo a 2ª Conferência Nacional Infanto-Juvenil pelo Meio Ambiente, no encerramento do programa Vamos Cuidar do Brasil com as Escolas. Implementado pela Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC), o programa, que capacita professores e alunos em educação ambiental, entra agora na última fase, denominada Seminários de Formação III.

Os seminários de formação continuada de professores e alunos em educação ambiental serão iniciados agora em abril. Em junho, serão concluídos em todos os estados. "É um ciclo que se fecha, pois o programa nasceu com o objetivo de dar continuidade às discussões da primeira conferência infanto-juvenil pelo meio ambiente, em 2003, e de preparar as escolas para a conferência deste ano", afirmou a coordenadora-geral de educação ambiental da Secad, Rachel Trajber. Em dois anos, segundo Rachel, o MEC investiu mais de R$ 2,5 milhões no programa.

Biodiversidade - A conferência deste ano porá em debate temáticas inéditas, voltadas para a popularização de acordos internacionais sobre biodiversidade, mudanças climáticas, segurança alimentar e raça. "As escolas do ensino fundamental de todo o país serão os espaços para o debate sobre diversidade étnico-racial, cultural, social e biológica", afirmou Rachel. "Jovens, professores e comunidade se apropriam localmente dos compromissos planetários, interligando o local e o global, ampliando e aprofundando os temas debatidos na primeira conferência."

A importância dos debates está nos seminários de formação de professores e alunos e nas conferências nas escolas, que fazem parte do mesmo processo de educação ambiental. "Em 2003, chegamos a atingir 16 mil escolas com a primeira conferência. Para este ano, a meta é dobrar o número de escolas que realizarão suas conferências entre junho e agosto", disse Rachel.

Repórter: Cristiano Bastos

Assunto(s): Meio Ambiente
X
Fim do conteúdo da página