Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Diploma dos tecnólogos vale para concurso e pós-graduação
Início do conteúdo da página
Educação de jovens e adultos

MEC apresenta estudo sobre alfabetização e educação de jovens e adultos

  • Segunda-feira, 12 de junho de 2006, 09h03
  • Última atualização em Segunda-feira, 21 de maio de 2007, 06h22

A Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC) apresenta na próxima quarta-feira, 14, à Comissão Nacional de Alfabetização e de Educação de Jovens e Adultos (EJA), um estudo sobre as atividades de alfabetização e de EJA realizado em 23 municípios de dez estados das regiões Nordeste, Sudeste e Sul. O encontro será das 9h às 19h, no Hotel Maredomus, em Fortaleza (CE).

As informações colhidas pelos técnicos da Secad, que serão apresentadas e avaliadas com a comissão nacional, compreendem desde atividades de formação inicial e continuada de alfabetizadores, a conexão entre os processos de alfabetização e a oferta de EJA no primeiro segmento do ensino fundamental nas redes públicas, até a qualidade da infra-estrutura das salas de aula e os materiais didáticos utilizados. De acordo com o diretor do Departamento de Educação de Jovens e Adultos da Secad, Timothy Ireland, o monitoramento feito pela secretaria oferece subsídios à comissão nacional para avaliação e, se necessário, a correção de rumos dos programas de alfabetização e EJA.

A comissão tem 16 membros que representam os governos federal, estaduais e municipais, trabalhadores em educação, estudantes, reitores das universidades, movimentos e centrais de trabalhadores rurais e a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco). A pesquisa de campo foi realizada entre 14 de abril e 5 de maio em municípios da Bahia, Ceará, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Rio Grande do Norte, Sergipe, Minas Gerais, Rio Grande do Sul e Santa Catarina. Nesse período, os técnicos da Secad aplicaram questionários a 57 alfabetizadores, 24 coordenadores da educação de jovens e adultos e a 26 responsáveis técnico-pedagógicos.

Além dos dados da pesquisa de campo, Timothy Ireland informa que a Secad vai apresentar à comissão o Sistema Brasil Alfabetizado. Este sistema, explica, abrange o cadastro de alfabetizadores e de alunos, um banco de dados dos projetos pedagógicos desenvolvidos em todo o país, desde a criação do programa em 2003, e relatórios de avaliação. A secretaria fará, ainda, um informe do andamento de projetos que dizem respeito à educação de jovens e adultos, entre os quais se destacam Saberes da Terra, Projeto Formar, educação nos presídios e os resultados do Programa Literatura para Todos.

Ionice Lorenzoni

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página