Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Área de segurança terá cursos superiores de tecnologia
Início do conteúdo da página
Vestibular unificado

Novo Enem será usado por 42 universidades em 2009 e 2010

  • Terça-feira, 16 de junho de 2009, 11h44
  • Última atualização em Quarta-feira, 17 de junho de 2009, 12h42

Com provas baseadas mais no raciocínio lógico e menos na memorização, o novo Enem vai democratizar as oportunidades de acesso a vaga na educação superior pública (Foto: Júlio César Paes)Das 55 universidades federais, 42 já decidiram usar o novo Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) em seus processos seletivos deste ano e do próximo. O prazo de inscrições para o exame de outubro começou na segunda-feira, dia 15, e vai até 17 de julho. Os institutos federais de educação, ciência e tecnologia também usarão as notas do Enem na seleção de estudantes.


Ainda em fase de criação, as universidades federais da Integração Latino-Americana (Unila), da Integração Amazônica (Uniam), Luso-Afro-Brasileira (Unilab) e da Fronteira Sul (UFFS) também adotarão o exame para o ingresso dos estudantes, assim que se tornarem realidade — os projetos de lei de instalação tramitam no Congresso Nacional.


Cada universidade optou por uma entre quatro possibilidades de adoção do novo Enem no processo seletivo — como fase única; como primeira fase; em combinação com o vestibular ou como fase única para as vagas remanescentes do vestibular.


Com provas baseadas mais no raciocínio lógico e menos na memorização, o novo processo pretende democratizar as oportunidades de acesso às vagas na educação superior federal, possibilitar a mobilidade acadêmica — intercâmbio de estudantes e professores entre universidades — e estimular a reestruturação dos currículos do ensino médio.


Os estudantes interessados em participar do exame deste ano devem fazer a inscrição na página eletrônica do Enem. A taxa é de R$ 35, com isenção para alunos de escolas públicas e estudantes que comprovem renda insuficiente.

Assessoria de Comunicação Social

Leia mais...
Sistema de acesso recebe 746,5 mil visitas e 500 mil inscrições

X
Fim do conteúdo da página