Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Piso salarial do magistério é reajustado a partir de janeiro
Início do conteúdo da página
institutos federais

Campanha de combate à dengue mobiliza estudantes em Teresina

  • Sexta-feira, 05 de junho de 2009, 13h12
  • Última atualização em Terça-feira, 28 de julho de 2009, 15h57

Com o slogan Não dê Asas ao Mosquito, professores e alunos do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Piauí promovem campanha educativa para chamar a atenção da população sobre os perigos da dengue. Palestras, debates, exposições de fotografias e de charges, teatro, apresentação de paródias musicais e panfletagem de material educativo para prevenir a proliferação do mosquito transmissor fazem parte de programação, que se encerra nesta sexta-feira, dia 5, em Teresina.


Dados da Organização Mundial de Saúde (OMS) indicam que entre 50 e 100 milhões de pessoas são infectadas anualmente em mais de cem países. No Piauí, as condições socioambientais, notadamente com as chuvas recentes, são propícias à proliferação do mosquito Aedes aegypti. A campanha educativa das turmas de cursos técnicos integrados — desenvolvimento de software, mecânica, eletrotécnica e administração —, está voltada para a conscientização de jovens e adultos sobre o perigo da doença.


A programação envolve também a população de Teresina na coleta de materiais recicláveis — papéis, latas de bebidas, garrafas pet, frascos de maionese e de café — a serem doados a diversas instituições. Já foram recolhidas três toneladas.


Bem comum — Para Taísa Alves de Oliveira, aluna do curso de desenvolvimento de software, participar da atividade ajuda a promover o bem comum. “Muitas vezes, as pessoas não sabem como prevenir doenças. Uma orientação na prática faz toda a diferença”, diz a estudante.


Fabrício Silva Santos, do curso de eletrotécnica, considera a participação enriquecedora. “Possibilita o entrosamento entre alunos de diversos cursos, estimula o senso de cooperação e o espírito de solidariedade”, afirma. “Além disso, a comunidade reconhece a boa-vontade dos alunos de uma instituição de ensino respeitada.”


Para o reitor do instituto, Francisco das Chagas Santana, iniciativas como essa são exemplos a serem seguidos.

Assessoria de Imprensa da Setec

Confira as notícias sobre os Institutos Federais

X
Fim do conteúdo da página