Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Coronavírus: saiba quais medidas o MEC já realizou ou estão em andamento
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Brasil e Uruguai implantarão escola técnica na fronteira

  • Terça-feira, 25 de agosto de 2009, 11h25
  • Última atualização em Terça-feira, 25 de agosto de 2009, 12h29

Começa a funcionar no próximo ano a primeira escola técnica binacional, na fronteira entre Brasil e Uruguai. Acordos bilaterais para a implantação da unidade de ensino ainda no primeiro semestre foram detalhados, por representantes dos dois governos, em reunião realizada na semana passada em Santana do Livramento, município gaúcho no qual o campus será instalado.


A escola será uma unidade avançada do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Sul-Rio-Grandense e contará com 50% de estudantes uruguaios e 50% de brasileiros. Inicialmente, será oferecido o curso técnico de nível médio de informática.


Outras três escolas binacionais vão funcionar, a partir do segundo semestre de 2010, em Quaraí, Jaguarão e Santa Vitória do Palmar, também no Rio Grande do Sul. A intenção é oferecer cursos técnicos de nível médio em turismo, meio ambiente e informática.


Nesses municípios, as unidades de ensino serão atendidas pelo sistema Escola Técnica Aberta do Brasil (e-Tec Brasil) — a unidade não tem sede física, mas um polo com aulas pela internet — ou pelo programa Brasil Profissionalizado, que repassa recursos federais a escolas técnicas estaduais para reforma, aquisição de equipamentos ou construção de unidades.


“Esperamos que o projeto com o Uruguai seja referência para outros acordos de escola técnicas de fronteira”, disse o secretário de educação profissional e tecnológica do Ministério da Educação, Eliezer Pacheco.

Assessoria de Imprensa da Setec

X
Fim do conteúdo da página