Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Avaliadores de instituições e cursos concluem capacitação
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Estudantes criam projeto para descarte de resíduos recicláveis

  • Segunda-feira, 13 de abril de 2015, 15h56
  • Última atualização em Segunda-feira, 13 de abril de 2015, 15h58

Coleta de resíduos sólidos: destinação a associações e cooperativas fortalece as organizações e contribui para a inclusão socioeconômica dos catadores (foto: portalresiduossolidos.com)Estudantes do curso superior de saneamento ambiental no campus de Aracaju do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia de Sergipe (IFS) desenvolveram projeto de coleta seletiva solidária que deve descartar adequadamente mais de 63 quilos de material por mês. O que for coletado será destinado à Cooperativa dos Agentes Autônomos de Reciclagem de Aracaju (Care) para beneficiar 45 cooperados do bairro Santa Maria, na capital sergipana.

A iniciativa vai permitir que a instituição controle o impacto ambiental proveniente dos resíduos sólidos e se adeque à legislação que instituiu a separação de lixo reciclável descartado pelos órgãos e entidades da administração pública federal direta e indireta. A destinação dos resíduos às associações e cooperativas dos catadores fortalece essas organizações e contribui para a inclusão socioeconômica.

Desde o final do ano passado, os setores administrativos e salas de aula do campus de Aracaju recebem a visita dos estudantes José Carlos Silva Gomes, Marivânia Pereira dos Santos e Rosivânia dos Santos Marques, mobilizadores da campanha. Eles orientam servidores, alunos e pessoal terceirizado sobre o desenvolvimento do projeto. “Para que a implantação aconteça efetivamente é necessário que a comunidade acadêmica faça a separação adequada dos resíduos e observe o local correto para a destinação, conforme a sinalização”, afirma José Carlos Gomes, estudante do sexto período do curso de saneamento ambiental.

A iniciativa de implantar o projeto de coleta seletiva solidária partiu dos próprios estudantes, em 2014, em aulas da disciplina gestão de resíduo sólido. “Achamos viável fazer um projeto que oferecesse soluções para a problemática dos resíduos sólidos gerados no campus de Aracaju”, explica Rosivânia.

O projeto foi inscrito na Mostra de Pôsteres do 3º Fórum Mundial de Educação Profissional e Tecnológica (Fmept), que será realizado em Recife, em maio próximo.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página