Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Indagações Curriculares: os cinco eixos
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Encontro reúne dirigentes de instituições federais do Brasil

  • Sexta-feira, 24 de novembro de 2017, 13h08
  • Última atualização em Sexta-feira, 24 de novembro de 2017, 13h08

Eline Nascimento, titular da Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, apresentou várias ações durante o evento (Foto: Divulgação)

Mais de mil pessoas participaram, de segunda-feira, 20, até esta quinta-feira, 23, em João Pessoa (PB), da 41ª Reunião dos Dirigentes das Instituições Federais de Educação Profissional e Tecnológica (Reditec), que teve como tema Educação profissional: acesso, permanência e êxito. O evento, promovido pela Secretaria de Educação Profissional e Tecnológica (Setec) do Ministério da Educação e pelo Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica (Conif), foi organizado pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia da Paraíba (IFPB).

Durante a Reditec, a secretária de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eline Nascimento, apresentou ações que envolvem a secretaria e a Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológica como o Programa para o Desenvolvimento em Energias Renováveis e Eficiência Energética na Rede Federal (EnergIF) e o Mulheres Mil.

Outras ações que ganharam destaque na apresentação foram a regulação da educação profissional, o processo de internacionalização do ensino, a avaliação e qualidade da oferta, as ações de inclusão com apoio aos centros de referência e o Mediotec, que, desde o seu lançamento já possui mais de 30 mil matrículas nas modalidades presencial e a distância.

Desde que assumiu a Setec, Eline já entregou mais de 250 obras, entre 15 campus inaugurados e quatro novos polos de inovação Embrapii aprovados (IFSul de Minas, IFPB, IFSC e IF Goiano). Também foram publicadas oito chamadas públicas e aprovados 950 projetos de pesquisa.

Programação – A programação da 41ª Reditec contou com palestras, mesas-redondas, mostra de experiências exitosas nas áreas de gestão, extensão, ensino, pesquisa e internacionalização. Paralelamente, o IFPB realizou o II Simpósio de Pesquisa Inovação e Pós-Graduação (Simpif), o IV Seminário de Inovação Tecnológica (Sintif), o II Encontro de Educação a Distância (Eead), a III Competição de Robótica e a Mostra de Extensão e Cultura.

Além da apresentação da Setec, foram comemorados, durante a reunião, os 10 anos da Rede e-tec, iniciativa responsável pela oferta de educação profissional e tecnológica a distância. A data foi marcada pelo lançamento do selo comemorativo da primeira década e um vídeo institucional, com relatos de gestores e alunos.

Na sequência de atividades, foi lançado o Proedu, repositório on-line de objetos de aprendizagem, que tornará disponível o material didático produzido pela Rede e construído por professores e técnicos de diversas instituições. Entre as ações da Rede e-tec está a oferta de 600 conteúdos educacionais. Por meio do Instituto Tim, foi ainda apresentada a plataforma Tim Mooc, presente em 16 instituições.

Rede e-tec – Criada em 2007, a Rede e-tec tem como propósito ampliar e democratizar o acesso a cursos técnicos de nível médio, públicos e gratuitos, e ofertar formação continuada de professores de educação profissional, em regime de colaboração entre União, estados, Distrito Federal e municípios.

Com mais de 600 mil alunos formados em todo o país, a Rede e-tec conta hoje com cerca de 400 instituições parceiras, ultrapassando as 450 mil vagas disponíveis, entre órgãos federais, estaduais e municipais de ensino.

Assessoria de Comunicação Social

 

X
Fim do conteúdo da página