Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Conferência sobre educação para jovens e adultos começa na próxima segunda-feira, 25
Início do conteúdo da página
Educação profissional

Jovens em ressocialização fazem curso no Rio Grande do Norte

  • Segunda-feira, 29 de janeiro de 2018, 13h14
  • Última atualização em Segunda-feira, 29 de janeiro de 2018, 13h14

Realizado pelo Pronatec, o plantio de sementes para desenvolvimento de mudas faz parte do curso de horticultor orgânico da Escola Agrícola de Jundiaí (RN) (Foto: Divulgação/Escola Agrícola de Jundiaí)

Parnamirim (RN), 29/1/2018 – Jovens em processo de ressocialização assistidos pela Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (Fundac) iniciaram o plantio de sementes para o desenvolvimento de mudas no Centro Educacional (Ceduc) no bairro Pitimbu, em Parnamirim, no Rio Grande do Norte. A atividade integra o curso de horticultor orgânico da Escola Agrícola de Jundiaí (EAJ), unidade acadêmica especializada em ciências agrárias da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN), por meio do Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico e Emprego (Pronatec).

De acordo com o coordenador-geral do Pronatec na EAJ da UFRN, João Inácio da Silva Filho, a meta é instaurar uma horta orgânica na unidade. “O curso de horticultor orgânico foi escolhido estrategicamente para a unidade do Ceduc Pitimbu tendo em vista o potencial hídrico da região, pois a unidade é localizada próximo ao rio Pitimbu”, explicou. “Oferecemos sementes, materiais de proteção individual e todos os equipamentos necessários para que esses jovens possam desenvolver suas habilidades como horticultores e para que possa ser montada na unidade uma horta orgânica que será mantida pelos jovens."

João (nome fictício), de 18 anos, é um dos jovens inscritos no curso e pontua que essa oportunidade pode mudar a vida dentro e fora do Ceduc. “Com o curso, teremos mais atividades diárias para desenvolver aqui na unidade e, mesmo que a gente não tenha a pretensão de trabalhar na área, podemos plantar em casa para dar melhoria para nossas famílias”, destacou.

Em apenas uma semana de aula, os estudantes já tiveram explanações teóricas sobre introdução à agricultura e plantio de sementes de cebola, cebolinha, couve-flor, pimentão, tomate-cereja, maracujá, rúcula, alface e espinafre. As aulas são ministradas na unidade com o apoio de educadores da Fundac e de professores do Pronatec na EAJ da UFRN.

Assessoria de Comunicação Social

X
Fim do conteúdo da página