Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Últimas Notícias > Licitações > Administração direta - Licitações do ano de 2014
Início do conteúdo da página
Educação profissional e tecnológica

Instituto Federal de Brasília oferta 1.800 vagas em cursos on-line de qualificação profissional

  • Quinta-feira, 30 de abril de 2020, 18h38
  • Última atualização em Quinta-feira, 30 de abril de 2020, 18h38

Por meio do Programa Novos Caminhos, Ministério da Educação investiu R$ 778,5 mil para viabilizar vagas

O Instituto Federal de Brasília (IFB) abriu nesta quinta-feira, 30 de abril, processo seletivo para 1.800 vagas em cursos de qualificação profissional, na modalidade a distância. A oferta foi viabilizada com investimento de R$ 778,5 mil do Ministério da Educação (MEC), por meio do programa Novos Caminhos. As inscrições são gratuitas e devem ser realizadas pelo site da instituição até o dia 10 de maio.

As oportunidades são para os cursos de Programador de Sistemas (500 vagas), Estatística Descritiva (500 vagas), Operador de Câmera (200 vagas) e Cadista para Construção Civil (600 vagas). Os conteúdos serão ministrados pelos campi Planaltina, Recanto das Emas e Taguatinga.

O processo de seleção dos candidatos será realizado por meio de sorteio eletrônico e todas as fases do processo serão on-line. Há oportunidades para quem tem ensino fundamental completo e ensino médio. Os cursos têm duração de 4 a 6 meses, a previsão para o início das aulas é dia 27 de maio.

Novos Caminhos – O Programa Novos Caminhos abre novas oportunidades e novos cursos com foco nas demandas do mercado e nas profissões do futuro. O objetivo da iniciativa, lançada em outubro de 2019, é potencializar a educação profissional e tecnológica com incremento de 80% nas matrículas — subindo de 1,9 milhão para 3,4 milhões — até 2023.

Essas novas vagas oferecidas somam-se às mais de 31 mil vagas que foram pactuadas com diversas instituições de ensino para oferta EaD.

Assessoria de Comunicação, com informações do IFB

Assunto(s): MEC , setec , IFB , Novos Caminhos
X
Fim do conteúdo da página