Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > UnB adotará sistema em lugar do vestibular de início de ano
Início do conteúdo da página
Escola aberta

Laboratórios móveis inovam na educação profissional a distância

  • Sexta-feira, 11 de setembro de 2009, 18h35
  • Última atualização em Sexta-feira, 11 de setembro de 2009, 18h35
Estudantes dos cursos técnicos de nível médio a distância do Programa Escola Aberta Técnica do Brasil (e-Tec) terão laboratórios móveis para práticas profissionalizantes. São 19 modelos de laboratórios didáticos em áreas como eletroeletrônica, agroindústria, biocombustíveis, enfermagem, mecânica e agropecuária.

Os laboratórios serão instalados em caminhões. O projeto foi desenvolvido pelo Centro de Formação de Recursos Humanos em Transportes, da Universidade de Brasília (UnB) e alia tecnologia e multifuncionalidade. Todos os laboratórios terão instalações de água, esgoto e gás, além de ar-condicionado, energia elétrica e também rede de ar comprimido.

O ministro da Educação, Fernando Haddad, disse que o laboratório poderá beneficiar não só aos alunos, mas também a comunidade escolar. “Os problemas dentários e oculares são os mais comuns na saúde dos estudantes e atrapalham muito no processo de aprendizagem. Com este espaço flexível podemos oferecer estes atendimentos, em parceria com o Ministério da Saúde”, afirmou.

Segundo o secretário de Educação Profissional e Tecnológica do MEC, Eliezer Pacheco, a tecnologia permite levar ao aluno atividades práticas com a mesma qualidade oferecida em laboratórios fixos. “O laboratório móvel potencializa de forma extraordinária a educação a distância técnica e permitirá levá-la com qualidade aos municípios mais distantes”, avaliou.  

Aquisição
- A compra dos caminhões e laboratórios deverá ser realizada nos próximos dois meses pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE). Serão destinados R$ 12 milhões para financiar a compra de cerca de 50 caminhões pelas escolas interessadas. Mais de R$ 18 milhões financiarão a instalação de equipamentos para os laboratórios.

Cada escola poderá escolher o tipo de laboratório mais adequado para o curso a distância oferecido. O tamanho do laboratório pode variar entre 35 e 75 metros quadrados e, em média, atenderá entre 25 a 30 alunos de cada vez.

O protótipo fica em exposição até 18 de setembro na sede do MEC, em Brasília. As visitas ao modelo devem ser agendadas pelos telefones (61) 21048467/7216 ou pelo endereço eletrônico Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.

Conheça a lista de laboratórios disponíveis de acordo com os cursos técnicos oferecidos.

Assessoria de Imprensa da Seed
X
Fim do conteúdo da página