Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Saúde e prevenção nas escolas
Início do conteúdo da página
Formação a distância

Curso ensina 25 mil educadores como prevenir o uso de drogas

  • Segunda-feira, 19 de outubro de 2009, 16h12
  • Última atualização em Segunda-feira, 19 de outubro de 2009, 16h17
Mais de 25 mil educadores estudam como prevenir o uso de drogas nas escolas públicas. (Júlio César Paes)Educadores de 4.658 escolas públicas dos 26 estados e do Distrito Federal concluem em dezembro o curso de prevenção do uso de drogas, oferecido pelo Ministério da Educação e pela Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas (Senad), em parceira com a Universidade de Brasília (UnB).

Estão em formação 25.014 professores, coordenadores e gestores de escolas com turmas de quinta a oitava séries do ensino fundamental (sexto ao nono ano) e do ensino médio.

O curso a distância tem 120 horas. Os educadores que cumprirem todas as tarefas receberão certificado de extensão universitária expedido pela UnB. Para obter o certificado, cada equipe escolar (cinco educadores) precisa apresentar um projeto de prevenção para aplicar na sua escola. Os estudos e atividades são desenvolvidos a partir de materiais didáticos individuais enviados pela universidade, além do apoio de 250 tutores durante os quatro meses da formação, de agosto a dezembro deste ano.

Os tutores do Programa de Estudos e Atenção às Dependências Químicas da UnB tiram dúvidas por correio eletrônico, orientam o estudo dos conteúdos e a elaboração do diagnóstico da situação da escola e da comunidade, além da construção do projeto final.

O objetivo do Ministério da Educação e da Secretaria Nacional de Políticas de Drogas é formar educadores capazes de desenvolver programas de prevenção do uso de drogas, detectar comportamentos de risco na escola, abordar adequadamente crianças e adolescentes, e encaminhar alunos e familiares para a rede de serviços existente no município.

História – Em 2004, o Ministério da Educação e a Secretaria Nacional de Políticas sobre Drogas, do Gabinete de Segurança Institucional da Presidência da República, criaram um projeto-piloto de formação de professores na temática da prevenção do uso de drogas nas escolas públicas. O curso teve a participação de cinco mil educadores de todas as regiões do país; em 2006, a formação atendeu 20 mil educadores; neste ano, 25 mil. Desde 2004, o curso é feito em parceria com a UnB.

Ionice Lorenzoni
X
Fim do conteúdo da página