Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > Estados têm até três horas de diferença com relação a Brasília
Início do conteúdo da página
Educação a distância

Secretários gaúchos aprendem a usar tecnologia educacional

  • Quinta-feira, 28 de janeiro de 2010, 12h26
  • Última atualização em Quinta-feira, 28 de janeiro de 2010, 12h26
Termina nesta sexta-feira, 29, em Porto Alegre, encontro de capacitação que reúne os secretários de educação do Rio Grande do Sul. Organizado pelo Ministério da Educação e pela União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime) no estado, o encontro mostra aos dirigentes como funciona o Programa Nacional de Formação Continuada em Tecnologia Educacional (ProInfo Integrado) do MEC.

No Rio Grande do Sul, 4,3 mil escolas foram atendidas com laboratórios do Programa Nacional de Tecnologia Educacional (ProInfo), entre 1997 e 2009. Além da distribuição dos equipamentos, o programa promove a instalação de internet banda larga (acesso mais rápido) nas escolas e a capacitação de professores. “Os dirigentes precisam conhecer melhor os programas e as ferramentas das quais dispõem para promover uma educação de qualidade”, diz a secretária de Educação do município de Cidreira, Mercedes Giroleti de Paula. Segundo ela, não apenas os professores precisam se envolver no processo. “Deve haver um trabalho conjunto entre dirigentes, gestores e docentes para que cada um faça seu planejamento de acordo com as necessidades do município.”

O diretor de produção de conteúdo e formação em educação a distância do MEC, Demerval Bruzzi, salienta que é cada vez maior o envolvimento dos municípios no programa. “É importante que os dirigentes municipais adquiram esse conhecimento”, destaca. “Hoje, a tecnologia é um grande atrativo para o aluno em sala de aula e contribui para a redução nos índices de evasão.”

Rafania Almeida
X
Fim do conteúdo da página