Portal do Governo Brasileiro
Ir direto para menu de acessibilidade.
Página inicial > Todas as notícias > MEC divulga reajuste do piso salarial de professores da educação básica para 2020
Início do conteúdo da página
Educação a distância

Belém debate tecnologias educacionais

  • Segunda-feira, 10 de setembro de 2007, 15h23
  • Última atualização em Terça-feira, 11 de setembro de 2007, 06h24

A educação a distância e seu papel na melhoria da qualidade do ensino superior estão em debate até esta terça-feira, 11, em Belém (PA), dentro do seminário Novas Tecnologias e Educação na Sociedade do Conhecimento, promovido pela Universidade Federal do Pará (UFPA).

Na abertura do encontro, o diretor de políticas em educação a distância do MEC, Hélio Chaves Filho, falou sobre políticas públicas para a educação a distância e a Universidade Aberta do Brasil. Hélio Filho apresentou um panorama do ensino do país, o papel da educação a distância na inclusão social e na melhoria da qualidade de ensino, a partir da formação inicial e continuada de professores. “Em um país com imensos desafios educacionais como o nosso, todas as possibilidades têm que ser exploradas, principalmente a educação a distância, que pode contribuir para a interiorização do ensino superior”, disse.

Entre as ações em andamento para a consolidação desta modalidade de ensino, o diretor destacou a Universidade Aberta do Brasil (UAB), sistema nacional construído pelo Ministério da Educação em parceria com instituições públicas de ensino superior e com estados e municípios. O objetivo é democratizar o acesso dos jovens à educação superior pública, gratuita e de qualidade. Segundo Hélio Filho, o sistema UAB deve atender aos cidadãos que não tiveram acesso à educação, especialmente aqueles que se encontram em regiões distantes dos grandes centros. “A UAB é o principal programa do MEC para a educação a distância e terá ação prioritária na formação de professores”, afirma.

UAB — Em 2007, o sistema UAB chegará a 291 pólos em 288 municípios, distribuídos em todos os estados com a oferta de cerca de 60 mil vagas. No último edital da Universidade Aberta do Brasil, o Ministério da Educação registrou 805 inscrições de propostas de pólos de apoio presencial e de 123 propostas de cursos das instituições de ensino superior. A expansão da UAB está prevista para 2008.

Assessoria de Imprensa da Seed

Assunto(s): mec , notícias , jonalismo , matérias
X
Fim do conteúdo da página